Petiscar entre refeições pode ajudar a manter a saúde e controlar o peso

Quando feitos de maneira certa, as "beliscadas" ao longo do dia são aliadas do bem-estar

Por Amanda Ventorin Atualizado em 28 out 2021, 19h24 - Publicado em 1 nov 2021, 14h00

Durante esse período de isolamento, as visitas à cozinha se tornaram nossa melhor amiga. Pequenos “snacks” ao longo do dia acontecem pela maior liberdade, necessidade e até mesmo para servir como uma distração e isso, não necessariamente, deve ser uma coisa ruim.

Uma das razões que torna os petiscos ou pequenos lanches entre as refeições ruins é o fato de muitos deles serem ricos em gordura, açúcar, sal e calorias. Mas, se essas “beliscadas” forem escolhidas de maneira certa, podem na verdade, serem um grande aliado na manutenção de peso em tempos tão estressantes.  “Um lanche nutritivo e equilibrado pode ajudar a manter a energia entre as refeições e a controlar o apetite no momento do almoço e no jantar”, fala Susan Bowerman nutricionista, e Diretora Sênior Global de Educação e Treinamento em Nutrição da Herbalife Nutrition. Portanto, ao escolher alimentos adequados, fazendo um lanche inteligente, esse pode ser um verdadeiro momento saudável (em todos os sentidos). 

Fique atento à sua hidratação

Quando bate aquela vontade de mastigar algo, você já parou para pensar o motivo? Muitas vezes, a vontade de comer mesmo sem estar sem fome, pode indicar que o corpo está levemente desidratado. “Por isso, antes de pegar um petisco, beba um copo de água ou coma um pedaço de fruta rica em água e avalie se isso vai sustentar você por mais tempo”, sugere Susan.

Os lanches ​​podem ajudar você a incluir alimentos mais nutritivos no seu dia

Uma boa maneira de complementar a nutrição é investir em alimentos equilibrados nessas pequenas pausas. Um mix de proteínas com baixo teor de gordura, — como castanhas, produtos com proteína de soja e laticínios com baixo teor de gordura — e carboidratos saudáveis — frutas, vegetais e grãos integrais. Os carboidratos serão digeridos primeiro e irão satisfazer sua fome rapidamente, já a proteína vai oferecer um pouco mais de energia e saciedade ao seu lanche.

Os petiscos ajudam a garantir energia física e mental

É normal sentir fome a cada três ou quatro horas. Quando se faz as refeições principais e os lanches, você mantém o açúcar no sangue mais estável durante o dia. Essa é uma boa maneira de evitar quedas nas taxas de açúcar entre as refeições que poderiam minar sua energia física e mental.

Invista no café da tarde

Muitas pessoas controlam a alimentação durante o dia, mas sentem certa dificuldade na janta. “Para essas pessoas, indico um lanche reforçado à tarde a fim de ajudar a reduzir os alimentos do jantar. Pode ser um shake de proteína, uma xícara de frutas com queijo cottage ou até uma refeição congelada de baixa caloria”, sugere Susan. Assim, será mais fácil reduzir as porções da noite, o que promove uma melhor noite de sono. 

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade