Continua após publicidade

Vitamina K: benefícios e fontes

Ela age no sangue e nos ossos

Por Larissa Serpa
Atualizado em 14 abr 2023, 14h58 - Publicado em 5 Maio 2023, 08h45

A vitamina K refere-se a um grupo de vitaminas lipossolúveis que desempenham um papel na coagulação do sangue, no metabolismo ósseo e na regulação dos níveis de cálcio no sangue.

O corpo precisa dela para produzir protrombina, uma proteína que é importante na coagulação do sangue e no metabolismo ósseo.

BENEFÍCIOS 

1
Continua após a publicidade

Saúde óssea

Parece haver uma correlação entre a baixa ingestão de vitamina K e a osteoporose. Vários estudos sugeriram que a vitamina K auxilia na manutenção de ossos fortes, melhora a densidade óssea e diminui o risco de fraturas.

2
Continua após a publicidade

Saúde cognitiva

O aumento dos níveis sanguíneos dessa vitamina foi associado à melhora da memória episódica em adultos mais velhos.

Em um estudo, indivíduos saudáveis com mais de 70 anos de idade com os níveis sanguíneos mais altos de vitamina K1 tiveram o melhor desempenho de memória episódica verbal.

Continua após a publicidade
3

Saúde do coração

A vitamina K pode ajudar a manter a pressão arterial mais baixa, impedindo a mineralização — quando os minerais se acumulam nas artérias. Isso permite que o coração bombeie o sangue livremente pelo corpo.

Continua após a publicidade

A mineralização ocorre naturalmente com a idade e é um importante fator de risco para doenças cardíacas. A ingestão adequada também demonstrou reduzir o risco de acidente vascular cerebral.

FONTES E INGESTÃO RECOMENDADA

Couve e outros vegetais crucíferos são boas fontes de vitamina K.

Continua após a publicidade

A ingestão adequada recomendada depende da idade e do sexo. As mulheres com 19 anos ou mais devem consumir 90 microgramas (mcg) por dia e os homens devem consumir 120 mcg.

Aqui estão alguns exemplos de fontes alimentares de vitamina K:

  • 10 ramos de salsa contém 90 microgramas (mcg)
  • uma porção de meia xícara de couve cozida e congelada contém 530 mcg
  • uma xícara de espinafre cru contém 145 mcg
  • 1 colher de sopa de óleo de soja contém 25 mcg
  • uma porção de meia xícara de uvas contém 11 mcg
  • um ovo cozido contém 4 mcg

DEFICIÊNCIA DE VITAMINA K

A deficiência é rara, mas, em casos graves, pode aumentar o tempo de coagulação, levando a hemorragia e sangramento excessivo.

As pessoas que usam medicamentos para afinar o sangue, como varfarina ou Coumadin, não devem começar a consumir vitamina K adicional sem primeiro consultar um médico.

Publicidade