3 formas de incluir o óleo de coco na sua rotina de beleza

Bons argumentos para ter um estoque deste produto multiúso – e queridinho nacional e internacional – em casa

Por Camila Neves (colaboradora) 23 mar 2018, 13h03

1. Para hidratações power

O óleo rico em ácidos graxos penetra rapidamente tanto na pele quanto no cabelo e apresenta uma característica que o destaca na multidão: não pesa nem deixa a sensação de superfície melecada. Sugestão de uso: à noite, passe uma quantidade generosa dele no rosto e também no cabelo, para um tratamento intensivo de pontas ressecadas.

Até o couro cabeludo pode ser beneficiado. Aplique o salva-vidas na região com uma leve massagem, deixe agir enquanto dorme e capriche na lavagem no dia seguinte. Faça o ritual uma vez por semana.

  • 2. Para recuperar os fios

    Outro poder do produto é tratar profundamente fios danificados pelo sol, poluição e outros fatores externos. O resultado é imediato – assim que você espalha o óleo pelas mechas, elas já ficam mais sedosas, brilhantes e com menos frizz.

    A explicação: a alta concentração de triglicerídeos que penetram no córtex (parte mais interna do fio), colaborando ativamente para a reconstrução capilar, e a ação da vitamina E, que tem efeito antioxidante.

    Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

    3. Para massagens corporais 

    Teste e comprove: massagens regulares com óleo de coco resultam em pele dos sonhos! O produto também é aliado para esse tipo de procedimento por ajudar as mãos a deslizarem com facilidade durante as manobras e por ser absorvido rapidamente. Curta também o cheirinho que seu corpo vai ganhar ao longo do dia!

    Continua após a publicidade
    Publicidade