5 alertas para fazer uma tattoo sem risco

Decidida a fazer um desenho na pele? Para começar, procure um profissional bem recomendado e um estúdio com condições de higiene adequadas

Por Juliana Mesquita (colaboradora) Atualizado em 22 out 2016, 16h57 - Publicado em 21 set 2015, 14h47

O dermatologista Murilo Drummond, do Rio de Janeiro, lista outros cuidados para garantir o resultado que você espera sem complicação.

1. Comece a cuidar da área da tatuagem (lave com sabonete antisséptico e hidrate bem) uma semana antes. “Isso prepara a pele para reagir melhor à presença de um corpo estranho (o pigmento) e diminui o risco de contaminação por bactérias.

2. Procure ter certeza de que a agulha usada é descartável e todos os outros materiais são esterilizados em autoclave. Instrumentos contaminados podem transmitir desde infecções por fungos e bactérias até doenças como tétano, hepatite e aids.

3. Esteja descansada e alimentada na hora H. O sono em dia garante tolerância maior à dor e os níveis equilibrados de açúcar no sangue evitam que você se sinta fraca e passe mal.

4. Cubra a área tatuada com filme plástico durante as primeiras 48 horas e aplique pomada à base de vitaminas A e E até a cicatrização completa, que leva no mínimo três semanas.

5. Nesse período, evite atrito na região e contato com animais, água de mar e piscina e outras possíveis fontes de contaminação. Não coce nem remova as casquinhas, que se formam sobre o desenho, para não provocar falhas.

Continua após a publicidade
Publicidade