App revela se seus produtos de beleza contêm substâncias tóxicas

E ainda classifica os cosméticos em ordem de ameaça à saúde!

Por Marina Campos e Gislene Pereira - Atualizado em 17 fev 2020, 15h05 - Publicado em 27 set 2017, 15h25

Sempre falamos em BOA FORMA sobre a importância de escolher alimentos com origem natural e que apresentam menor quantidade de químicos possível. Se você já aderiu a essa tendência no seu cardápio, que tal aplicá-la na bancada do banheiro também? Isso porque muitos dos cosméticos que usamos diariamente são cheios de toxinas que, em longo prazo, podem representar ameaças à saúde.

Com o objetivo de fornecer aos clientes informações que nem sempre constam nos rótulos dos produtos, o aplicativo Think Dirty, criado pela canadense Lily Tse, luta por uma indústria da beleza mais transparente. Basta abrir o app e apontar a câmera do celular ao código de barras na embalagem para que a lista de ingredientes apareça, acompanhada de outros dados importantes, como de onde foram extraídos e se apresentam componentes nocivos.

Reprodução Aplicativo/Think Dirty

Leia mais: Vale a pena conhecer estes 12 produtos de beleza naturais

Outra funcionalidade bacana do Think Dirty é que ele faz um ranking com os produtos cadastrados no app: aqueles com nota de 0 a 3 não contêm compostos negativos ao organismo, enquanto os avaliados de 4 a 7 carregam ingredientes que, mais para frente, podem ser agressivos ao corpo humano. Já os que levam de 8 a 10 são feitos com ativos que têm um impacto muito ruim em nosso bem-estar.

É possível que, depois de instalar o aplicativo, bata aquela vontade de remontar toda sua penteadeira. Tudo bem. Ele também sugere produtos “mais limpos” para usar como substitutos dos antigos companheiros de nécessaire.

Reprodução Aplicativo/Think Dirty

Por enquanto, o Think Dirty não tem marcas brasileiras no catálogo, mas já é uma grande ajuda na hora da visita às perfumarias, que estão cheias de produtos produzidos lá fora.

Continua após a publicidade
Publicidade