Fios leves: como lavar o cabelo corretamente

Com a técnica e os produtos adequados para o seu tipo de fio, você danifica menos o cabelo e consegue deixá-lo mais leve

Por Amanda Panteri Atualizado em 31 ago 2020, 12h01 - Publicado em 31 ago 2020, 09h00

Provavelmente já aconteceu com você. Seu cabelo secou depois do banho, mas parece que ele continua molhado, com um aspecto pesado e sem movimento nenhum. As causas do problema podem variar desde o modo que você manipula seu couro cabeludo até o jeito que você finaliza e seca os fios. Mas afinal, como lavar o cabelo corretamente e deixá-lo mais leve? Fomos consultar especialistas:

  • Por que meu cabelo está com um aspecto pesado? 

    Na maioria das vezes, a sensação de oleosidade nos fios mesmo depois de lavá-los é gerada pelo excesso de produtos. Ou então o uso de itens inadequados para o seu tipo de cabelo. “Aplicar produtos sem enxágue como leave in, leave on, finalizadores e modeladores com frequência pode pesar os fios”, explica a engenheira cosmética Cristiane Pagliuchi (@cristiane_wnf), sócia-diretora da empresa WNF.

    O mesmo acontece se você não enxaguar direito o condicionador e a máscara capilar, ou então não limpar adequadamente o couro cabeludo durante o banho. Desse modo, a fibra capilar (haste do cabelo) e os folículos dos fios não só ficam sufocados pelo excesso de impurezas, resíduos e poluição, como também de produtos que deveriam tratá-los.

    A especialista afirma ainda que os fios mais finos tendem a ser mais oleosos, e, por isso, têm a propensão a ficarem com aquele aspecto “aderido” com mais facilidade. Mas como evitar que isso aconteça? Com algumas dicas bem simples. Confira:

    1. Shampoo: massageie levemente o couro cabeludo (e não esfregue os fios!)

    Misture o shampoo em um recipiente com um pouco de água para diluir melhor o produto e não aplicá-lo diretamente no couro cabeludo — aproximadamente 4 colheres de sopa de água para cada colher de shampoo. Distribua a mistura igualmente em toda a cabeça, e massageie levemente com a ponta dos dedos (evite usar as unhas). “Prefira sempre os movimentos no sentido do couro cabeludo para as pontas. Isso ajudará a alinhar as cutículas dos fios”, diz Cristiane Pagliuchi.

    Sugestão:

    Compre aqui: Homyl, Massageador de Couro Cabeludo para Banho, R$56,99.

    2. Como lavar o cabelo corretamente: Aposte em um detox da raiz (de vez em quando!)

    Os shampoos anti-resíduos, esfoliantes e peelings capilares são perfeitos para garantir a limpeza reforçada e a retirada de impurezas indesejadas. Mas atente-se não somente à frequência indicada na embalagem como também se seu cabelo precisa no momento. “É preciso um tratamento logo em seguida, já que esse tipo de shampoo pode desequilibrar o couro cabeludo e pode interferir no manto hidrolipídico da região”, aconselha Cristiane.

    Sugestões: 

    Compre aqui: MK Cosmetics, Shampoo Neutro Antirresíduos, R$24,90.

    Compre aqui: Vegana, Condicionador Couro Detox, R$42,90.

    Continua após a publicidade

    Compre aqui: Eudora, Pré-Shampoo Siáge Nutri Diamond, R$23,13.

    3. Como lavar o cabelo corretamente: Escolha o shampoo ideal 

    Joyce Rodrigues (@drajoyce_rodrigues), farmacêutica bioquímica e CEO da Mezzo Dermocosméticos, recomenda priorizar formulações mais naturais, livres de parabenos, corantes, sais, conservantes e álcool. “Elas higienizam os fios sem danificá-los. Opte também por ingredientes que atuem no equilíbrio da microbiota do couro cabeludo”. Vale, de tempos em tempos, trocar os produtos que você sempre usa. O cabelo precisa receber novos estímulos.

    Sugestões: 

    Mezzo/Divulgação

    Compre aqui: Mezzo Dermocosméticos, Shampoo AntiCaspa Trichology, R$99.

    4. Quem dita a frequência das lavagens é o seu cabelo! 

    Sim, algumas pessoas realmente não precisam lavar os cabelos todos os dias. Mas outras sim. “Se seu cabelo é mais oleoso, a frequência de lavagem pode ser maior. Contudo, há aqueles que precisam limpar o couro cabeludo diariamente para que não fiquem com raiz oleosa e não apresentem quadros como dermatite seborreica”, explica a dermatologista Eloisa Zampieri (@draelozampieri). Dependendo do caso, é necessário até aplicar o shampoo duas vezes.

    5. Como lavar o cabelo corretamente: Nada de condicionador ou máscara na raiz

    Como já dissemos anteriormente, o acúmulo de produto nos cabelos (seja por uma aplicação em excesso ou o enxágue inadequado) é uma das causas mais comuns para o aspecto pesado dos fios. Por isso, na hora da máscara ou condicionador, atente-se para depositar apenas no comprimento, e nunca na raiz, e enxágue bem.

    Mas isso não quer dizer que você deva abandonar as hidratações e nutrições. “Nos fios limpos e secos, eu sugiro aplicar aproximadamente 4 ml de jojoba pura, no sentido dos fios para as pontas. Em seguida, lave com um shampoo especial para esse tipo de tratamento, que ao mesmo tempo auxilia no equilíbrio da oleosidade e trata sem retirar a proteção natural”, afirma Cristiane.

    Sugestões: 

    Compre aqui: Vegana, Elixir Raízes Fortes Alecrim, R$46,90.

    Compre aqui: DermaClean, Óleo de Jojoba Orgânico, R$45.

    6. Seque adequadamente

    Ao sair do banho, não enrole a toalha na cabeça — o peso do objeto interfere na tração dos fios. Seque os cabelos pressionando o tecido do couro para os fios e pontas, sem torcer as hastes.

    Se for usar o secador, coloque o aparelho no mínimo 30 centímetros de distância para não queimar os folículos ou agredir os fios. Prefira temperaturas médias, evitando a potência máxima. E já que estamos mais em casa, que tal usar o equipamento só de vez em quando?

    7. Tome banhos mornos

    No inverno, é comum aumentarmos a temperatura dos nossos banhos. O problema é que a água muito quente pode prejudicar o cabelo e a pele. “Além de estimular a produção sebácea, isso aumenta a oleosidade e pode agravar dermatite seborreica em pessoas que possuem essa patologia. O ideal é lavar com a água morna para fria que deixa as cutículas dos fios fechadas, mantendo o brilho”, diz Joyce.

    Atenção: Evite lavar os cabelos de noite. Dê preferência para as lavagens diurnas com secagem natural — é sempre melhor para a microbiota do couro cabeludo.

    Continua após a publicidade
    Publicidade