O glúten pode estar presente até na sua maquiagem – mas é inofensivo!

Batom, base e até sombra. Esses itens indispensáveis no make podem, sim, conter essa famosa proteína, mas ela não age de forma negativa no organismo. Entenda!

Por Redação Boa Forma 6 out 2016, 13h17

Seja por opção ou por uma questão de necessidade, as mulheres estão cada vez mais seguindo um estilo de vida sem glúten. Para atender essa demanda, grandes empresas já começaram a disponibilizar seus produtos em versão glúten free e com preços mais acessíveis. Mas, será que a maquiagem que você usa todos os dias contém ingredientes com a proteína? Pasmem: a resposta é positiva.

A relação entre a substância e o seu make pode ser um tanto aleatória, mas há uma razão plausível para isso: o glúten serve como um aglutinante (substância que ajuda as partículas a ficarem juntas) na maioria dos seus produtos de beleza, como base, batom, sombras e até cremes. Isso porque extratos de trigo, cevada e aveia (olha o glúten aí) presentes nos cosméticos oferecem os benefícios de acalmar e suavizar a pele. E os produtos com vitamina E (ingrediente comum em hidratantes corporais e faciais, produtos antienvelhecimento e hidratantes labiais) contém derivados de trigo.

Veja também: a mentira sobre o glúten

A boa notícia é que, nesse caso, o glúten não causa nenhum tipo de reação na pele ou no organismo. A quantidade de substância presente nos cosméticos é pequena e, como o uso é tópico, não tem o mesmo efeito. Mas, então, por que existe maquiagem sem glúten? Para os indivíduos que são extremamente intolerantes à proteína, a ingestão pode causar uma erupção na pele.

Para os celíacos e amantes de maquiagem é importante ressaltar que algumas marcas removem o glúten de seus produtos, mas outros aditivos permanecem, como óleo de trigo que é derivado da substância. Então, fique de olho!

E mais: Dieta glúten-free – menos 3 kg em 10 dias!

Continua após a publicidade
Publicidade