Óleo para o rosto: saiba como usar e ter uma pele hidratada e radiante

Os óleos faciais são perfeitos para se usar no inverno e dão uma proteção extra contra os sinais de envelhecimento

Por Olga Penteado (colaboradora) - Atualizado em 11 jun 2018, 16h41 - Publicado em 11 jun 2018, 16h15

Pele hidratada, macia, radiante. Proteção extra contra os sinais de envelhecimento. Textura leve, fina e rápida absorção. Essas são as propostas dos óleos faciais – mas será que eles são uma boa pedida em um país de clima úmido e quente, onde a maioria das mulheres tem pele oleosa e os cosméticos oil free predominam nas prateleiras?

Esse tipo de produto é especialmente indicado para quem tem pele seca e sensível, pois oferece o benefício de não desengordurar excessivamente a pele, já pobre em lipídios. Porém, mesmo as donas de pele oleosa podem se beneficiar, já que ele ajuda a preservar a protetora camada hidrolipídica.

“Normalmente, quem se queixa de excesso de oleosidade acaba exagerando na limpeza. Isso é prejudicial, pois causa o efeito rebote: mais óleo é produzido para repor o que foi retirado e a consequência é uma superfície ainda mais gordurosa”, diz Silvia Zimbres, dermatologista de São Paulo.

Mulher com mão no rosto
Youngoldman/Thinkstock/Getty Images

O segredo é não exagerar na quantidade – duas ou três gotinhas são suficientes para conseguir as vantagens do produto sem obstruir os poros. É melhor não passar na zona T e também evitar quando o clima está quente e úmido demais – são produtos ideais para a temporada de inverno.

Já quem tem acne não deve usar: “Só aconselho em condições muito específicas. Por exemplo: para recuperar a pele que passou por tratamentos agressivos, como laser e peeling, pois os óleos de boa qualidade atenuam a inflamação e ajudam na cicatrização.”, diz Érica Monteiro, dermatologista de São Paulo.

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

Continua após a publicidade

Como usar óleo para o rosto

1. O melhor horário para aplicar o óleo é à noite, para ele agir enquanto você dorme e também porque a temperatura costuma ser mais baixa.

2. “Sempre com as mãos e o rosto limpos, coloque duas gotinhas na ponta dos dedos e deslize pela pele em movimentos suaves, de dentro para fora. É importante espalhar bem o produto”, diz Silvia Zimbres. Se perceber que exagerou, passe um lenço de papel absorvente.

3. “Se você quiser usar o seu creme habitual, aplique-o antes do óleo. Os ativos do cosmético devem estar em contato direto com a pele. Já o óleo oclui, ou seja, tampa, e ajuda na penetração dessas substâncias”, diz a dermatologista Érica Monteiro.

4. Você também pode colocar algumas gotas no seu hidratante facial e aplicá-lo com movimentos suaves.

5. De dia, se quiser dar luminosidade à pele, espalhe só uma gotinha nas maçãs do rosto ou nas pálpebras.

*Matéria originalmente publicada em agosto de 2014.

Continua após a publicidade
Publicidade