Não esqueça de passar protetor solar nessas 5 regiões do corpo

A proteção solar é muito importante em qualquer situação, mas é comum deixarmos os fotoprotetores apenas para as visitas à praia ou à piscina

Por Marcela De Mingo Atualizado em 5 Maio 2022, 14h40 - Publicado em 13 Maio 2022, 08h00

Passar o protetor solar é, realmente, essencial no cuidado com a pele. E será que existem lugares do corpo em que esse produto é mais importante? De fato, aplicar o protetor nas áreas expostas ao sol (e no corpo inteiro, no caso de uma ida à praia ou à piscina) é vital, mas, hoje, vamos entender se existem locais do corpo que não podem – nunca! – ficar desprotegidos. 

PROTETOR SOLAR PRA QUÊ?

Antes de tudo, é importante entender que os protetores solares (também chamados fotoprotetores) são aqueles produtos capazes de prevenir os males provocados pela exposição solar, como as queimaduras, o envelhecimento precoce e, claro, o câncer de pele. É por isso que devemos usar diariamente os famosos FPS. 

“Todas as áreas expostas ao sol devem ser protegidas”, explica a dermatologista Simone Neri. “A exposição à radiação ultravioleta (UV) tem efeito cumulativo e os raios solares penetram profundamente na pele.”

Por esse motivo, a recomendação da médica é clara: ao sair ao ar livre, procure ficar à sombra, ainda mais nos horários entre as 10 e 16 horas, quando o sol é mais forte e a radiação UVB,  mais intensa. O FPS mínimo recomendado é o fator 30, e vale ainda cobrir as áreas expostas com roupas apropriadas, como blusas de mangas compridas, calças e chapéus. Os óculos escuros também atuam como parte da estratégia de proteção. 

Continua após a publicidade

Então, anota aí: no dia a dia, quando usamos roupas “comuns”, é preciso usar o protetor solar em todas as áreas do corpo que estão expostas ao sol – e não importa se você vai passar o dia fora de casa, no escritório, ou se vai só “dar uma saidinha” até a farmácia. Essas áreas implicam: 

  • Rosto, orelhas e pescoço
  • Colo e braços
  • Dorsos das mãos
  • Pernas e os peitos dos pés

O QUE ACONTECE SE EU NÃO USAR PROTETOR?

Esquecer o fator de proteção uma vez ou outra é normal e acontece com todo mundo. O problema surge quando você deixa de usar o produto por longos períodos ou simplesmente não desenvolveu o hábito de usá-lo ao longo da vida. 

“Não usar o protetor solar favorece o envelhecimento precoce da pele, a queimadura solar, o surgimento de pintas, sardas, manchas, rugas e o mais grave: câncer de pele”, explica a dermatologista. 

Para cada uma dessas questões existe um tratamento adequado e é essencial procurar um médico especialista e evitar remédios e tratamentos caseiros, principalmente ao tratar manchas de pele e queimaduras solares. 

Continua após a publicidade

Publicidade