BOA FORMA responde Vamos atrás dos melhores especialistas para tirar suas dúvidas

Como o ácido hialurônico age no cabelo?

Por Larissa Serpa Atualizado em 5 jul 2021, 16h40 - Publicado em 20 jul 2021, 09h00

 A dermatologista Adriana Cairo responde:

O ácido hialurônico é produzido naturalmente em nosso organismo, mas com o passar dos anos, sua produção diminui, precisando ser reposto em forma de tratamento. A substância, ganhou todos os holofotes do skincare nos últimos anos por conta de seu poder antioxidante e do alto poder de hidratação da pele.

O que muitos não sabem é que todos esses benefícios também funcionam para o cuidado com os cabelos. O ácido hialurônico é uma molécula cuja principal função é a retenção de água, trazendo benefícios, como hidratação, sustentação, estímulo de colágeno, elasticidade, preenchimento e regeneração, por isso, a indústria vem investimento cada vez mais em produtos capilares que tenham o ativo em sua composição.

Nos cabelos, o ativo funciona beneficiando a fibra capilar, regenerando os fios e combatendo o ressecamento. A aparência após a sua aplicação, é um cabelo mais saudável e hidratado e como resposta dessa reparação, obtém-se fios com aspecto mais leve e resistente, com menos frizz e pontas duplas.

⦁ O ácido hialurônico é indicado para que tipo de cabelo?

O tratamento com ácido hialurônico é especialmente indicado para quem tem os fios fragilizados por excesso de química, alisamento, relaxamentos, descoloração, uso de secador, chapinha, lavagem com água mais quente do que o habitual, além de exposição externa (sol, umidade e água de piscina). O ativo age diretamente sobre esses danos, que são sinais de que o cabelo está desidratado e precisando de reposição de água. Devido à sua ação hidratante e preenchedora, o ácido protege a fibra capilar e evita a abertura das cutículas, retendo o tratamento no interior dos fios. Isso não apenas repara os danos, como evita a quebra e dá mais brilho às madeixas. Para quem tem cabelo fino ou poroso, o ativo também é indicado para deixar os fios mais encorpados e saudáveis.

Como usar produtos à base de ácido hialurônico na rotina de cuidados com o cabelo? Combiná-los a outros ingredientes é uma ótima estratégia para potencializar seus efeitos? Em caso positivo, qual seria a combinação perfeita?

O ácido hialurônico para o cabelo pode ser encontrado em linhas completas de produtos capilares. Existem shampoos, condicionadores, leave-ins e máscaras com o ativo. Seu uso pode ser diário ou aplicado na fase de hidratação do cronograma capilar, uma vez que a principal função desse ativo é hidratar profundamente os fios. Para otimizar ainda mais os resultados, pode-se investir em produtos com outros ativos hidratantes e reparadores que combinam bem com esse tipo de ácido, como é o caso da Vitamina B5 e da queratina.

Abaixo segue a minha dica para incluir o ácido hialurônico na rotina capilar:

  • 1º passo: Aplique o shampoo no couro cabeludo e massageie levemente por alguns minutos com as pontas dos dedos (evitando usar as unhas) e deixe o produto escorrer pelo comprimento dos fios. Ao final, enxaguar.
  • 2º passo: Em seguida, aplique o condicionador do comprimento até as pontas do cabelo ainda úmido – evitando o couro cabeludo para não criar acúmulo de produto na região. Deixe o creme agir por alguns minutos e enxague logo em seguida.
  • 3º passo: Finalize seu cabelo aplicando uma máscara de restruturação capilar com ácido hilaurônico. A minha dica é a Bio Restore da AQIA – Química Industrial e aplica-la no comprimento e nas pontas dos cabelos ainda úmidos ou secos. Não precisa de enxague. Os benefícios da máscara são: redução dos danos, melhora da textura dos fios, melhora do brilho em 25%, proteção do cabelo durante os processos de tingimento e alisamento, aumento da resistência mecânica da fibra capilar e redução da quebra. É possível encontrá-la em farmácias de manipulação.
Continua após a publicidade
Publicidade