Origem 75: restaurante em Vinhedo tem muitas mesas ao ar livre Boa Forma Visita Vamos atrás de lugares diferentes para você conhecer

Tujuína: um menu degustação leve e surpreendente

No mesmo endereço onde funcionava o Tuju, o chef Ivan Ralston oferece versões inusitadas de peixes, carnes e legumes

Por helenagalante Atualizado em 19 out 2021, 18h30 - Publicado em 11 nov 2021, 09h00

Em 2015, quando ainda trabalhava na deliciosa área de gastronomia da Veja São Paulo, escrevi o perfil de Ivan Ralston, escolhido na ocasião o chef revelação pelo guia Veja Comer & Beber. A proposta do seu restaurante Tuju surpreendia pela ousadia dos pratos autorais – mas a pandemia alterou o curso da casa. Em setembro do ano passado, o Tuju saiu de cena para receber no mesmo espaço o Tujuína.

Diante do momento delicado, Ivan avaliou que era a hora de oferecer uma gastronomia mais casual, por isso essa é a proposta do “irmão caçula” da casa original. No almoço de terça a sexta do Tujuína, por exemplo, há opções de pratos executivos de receitas bem conhecidas, como picadinho (R$ 65,00), macarronada (R$ 74,00), estrogonofe (R$ 75,00), moqueca (R$ 82,00). Alguns dos pratos mais recentes do menu, incluídos também no menu degustação do jantar, porém, reforçam que o chef gosta mesmo é de surpreender.

Pimentões tostadinhos: com pó de tomate lactofermentado
Pimentões tostadinhos: com pó de tomate lactofermentado Divulgação/Divulgação

Uma porção de pimentões vermelhos e amarelos, grelhados até conquistar aquele irresistível tostadinho, fica original pela adição de pó de tomate lactofermentado (R$ 36,00). O paladar marcante da sardinha combina com a bruschetta de tomate (R$ 58,00 a porção com três unidades). Uma ótima opção para quem prefere uma carne é o tartare picado na ponta da faca com maionese de jalapeño e ovas de truta curadas (R$ 62,00). As folhas de peixinho empanadas ficam uma delícia junto.

Tartare de carne picada na ponta da faca: com maionese de jalapeño e ovas de truta curadas (R$ 62,00)
Tartare de carne picada na ponta da faca: com maionese de jalapeño e ovas de truta curadas (R$ 62,00) Divulgação/Divulgação

Nenhuma novidade rouba o post de atração principal do peixe “escama de dragão” (R$ 170,00). Assado inteiro, trazido à mesa com cabeça e tudo, claro, ele é feito com uma técnica que o chef aprendeu no Japão. A garoupa de uma produção ecológica é limpa, mas as escamas são reservadas e fritas, para depois serem adicionadas por cima da pele do pescado – uma delícia crocante! Os acompanhamentos são banana assada ,vinagrete de castanha de caju e salada de ervas.

Peixe assado na brasa acompanhado de banana tostada com vinagrete de castanha de caju e salada: finalizado por escamas fritas
Peixe assado na brasa acompanhado de banana tostada com vinagrete de castanha de caju e salada: finalizado por escamas fritas Divulgação/Divulgação

Para finalizar, o pingado (R$ 34,00) é o tiramisu à moda da casa, com uma dose equilibrada de café e leite. Da época do Tuju, vale pedir o Teresina, uma combinação de texturas de laranja (tem até uma raspadinha) com cachaça, por R$ 32,00. Uma refeição para lembrar que alimentação equilibrada necessariamente inclui receitas que instigam os  sentidos.

  • Tujuína
  • Rua Fradique Coutinho, 1248 – Vila Madalena – São Paulo, SP
  • (11) 2691-5548
  • Terça a Sexta de 12h às 15h e de 19h às 23h
  • Sábado de 12h às 16h e 19h às 23h
  • Domingo de 12 às 16h

 

Continua após a publicidade

Publicidade