Imagem Blog

Terapia e felicidade, com Priscila Conte Vieira

A psicóloga Priscila Conte Vieira (CRP 08/30418), especialista em psicologia positiva, auxilia você a ter uma vida mais leve e mais feliz!
Continua após publicidade

Otimista, realista ou pessimista: como você encara a vida?

Por Priscila Conte Vieira
Atualizado em 16 nov 2023, 19h07 - Publicado em 18 nov 2023, 08h00

Otimista, realista ou pessimista, como você encara a vida por aí? Cada uma dessas formas tem um impacto significativo em nossa mentalidade, emoções e bem-estar geral.

O cérebro humano possui uma tendência natural para focar mais nas informações negativas do que nas positivas. Isso remonta aos tempos primitivos, quando era vital para nossa sobrevivência estar atentos a ameaças e perigos. Esse viés da negatividade permanece nos dias de hoje, mesmo quando a maioria das ameaças à nossa vida não é tão iminente.

Quando nos deixamos dominar por esse viés, é mais provável que nos sintamos ansiosos, preocupados e desencorajados diante dos desafios. Isso pode afetar nossa saúde mental e física a longo prazo, levando a estresse crônico e depressão.

Felizmente, o cérebro humano também é capaz de experimentar uma espiral da positividade. Quando começamos a incorporar mais pensamentos positivos em nossas vidas, algo mágico acontece: o cérebro começa a se ajustar, tornando-se mais sintonizado com as coisas boas ao nosso redor. É como uma espiral ascendente de alegria, esperança e resiliência que expande nossa capacidade de enxergar soluções.

Barbara Fredrickson, uma renomada psicóloga e pesquisadora na Universidade da Carolina do Norte, desenvolveu a “Teoria da ampliação e construção”, que sugere que emoções positivas têm o poder de ampliar nosso pensamento e ação, construindo recursos pessoais e sociais ao longo do tempo.

Continua após a publicidade

Em seus estudos, ela propôs a ideia de que uma proporção de pelo menos 3 pensamentos ou experiências positivas para cada pensamento ou experiência negativa é crucial para desencadear esse processo de ampliação e construção.

Ou seja, o conceito de coeficiente de Positividade 3:1 refere-se à ideia de que, para manter um equilíbrio psicológico saudável e promover um estado de bem-estar emocional, é recomendável ter três experiências ou pensamentos positivos para cada experiência ou pensamento negativo.

Como você se percebe nesse coeficiente? Ele está mais voltado para a positividade ou para a negatividade por aí? Que tal implementarmos alguns passos no dia a dia para sermos mais otimistas?

Continua após a publicidade
1

Desafio de Pensamento Negativo

Quando um pensamento negativo surgir, questione sua validade e tente encontrar uma perspectiva mais positiva ou realista.

2

Mantenha Companhias Positivas

Cerque-se de pessoas otimistas e solidárias. Relacionamentos positivos têm um impacto significativo em sua mentalidade.

Continua após a publicidade
3

Encare Desafios como Oportunidades

Em vez de ver desafios como obstáculos, encare-os como oportunidades de crescimento e aprendizado.

4

Limitação da Exposição à Negatividade

Reduza a exposição a notícias negativas e mídias sociais tóxicas. Mantenha-se informado, mas equilibre isso com conteúdo positivo.

Continua após a publicidade
5

Resiliência Perante Fracassos

Veja os fracassos como parte do processo de crescimento. Cultive a resiliência, aprendendo com as falhas e seguindo em frente.

Nosso cérebro tem uma tendência inata para focar no negativo, mas podemos treiná-lo para adotar uma mentalidade mais otimista. Cultivar o otimismo tem efeitos positivos duradouros em nossa saúde mental e emocional, e seguir essas dicas pode ser um passo importante na direção de uma vida mais feliz e saudável!

________________________________________________________________________

Continua após a publicidade

Oi, eu me chamo Priscila Conte Vieira, mas pode me chamar de Pri! Sou psicóloga, palestrante e mentora. Atuo na psicologia clínica, sou especialista em Psicologia Positiva, pós graduanda em Terapia Cognitivo Comportamental, master em autoconhecimento, coach de vida, practitioner em PNL e também criadora do Podcast Respira, não pira (que tal dar uma conferida lá no Spotify?!)

Estarei por aqui todas as semanas, abordando temas da Psicologia Positiva, felicidade, bem-estar e os auxiliando a serem as suas melhores versões, por meio do autoconhecimento e florescimento. Para saber mais sobre mim e me acompanhar no dia a dia, é só me seguir no Instagram! Estou por lá como @psi.priscilaconte Te vejo no próximo Sábado! Até mais <3

 

 

Publicidade