Descubra como cozinhar ovos na consistência perfeita

Fique atenta ao tempo de cozimento. É o segredo para você evitar que a gema resseque e a clara fique borrachenta

Por Eliane Contreras Atualizado em 3 abr 2017, 21h13 - Publicado em 3 abr 2017, 20h56

Como você prefere a consistência do ovo cozido: mole, mais firminho ou duro? Tudo depende do tempo de cozimento. Por isso, nada de dar uma volta enquanto ele está no fogo. Fique de olho no tempo! Outra dica: mergulhe o ovo numa panela com água ainda fria e, então, leve para ferver. Assim que a água borbulhar, comece a cronometrar e retire o ovo da água no momento certo para a textura que você gosta.

Em 3 minutos: ovo quente (com a clara e gema molinhas), perfeito para comer de colher (quebre a casca na parte de cima e coloque uma pitada de sal).

De 4 a 5 minutos: clara um pouco mais consistente e a gema ainda mole.

De 6 a 7 minutos: gema mais firminha.

De 8 a 10 minutos: gema e clara duras (retire da água quente e coloque para esfriar numa tigela com água fria. A clara fica mais macia e gema mais amarela e cremosa).

Continua após a publicidade

Quando você deixa (ou esquece) o ovo no fogo por mais tempo, a gema fica ressecada, com tendência a esfarelar. Existe ainda o risco da parte amarela ganhar um tom esverdeado e o contorno escurecido. Isso porque uma das proteínas da gema, que contém enxofre, reage com outra, que contém ferro. O calor prolongado também altera a estrutura das proteínas da clara, o que faz com elas se unam umas às outras. Resultado: um ovo duro e borrachento. Confira aqui mais detalhes de como preparar ovos moles. 

  •  

     

     

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade