5 estratégias de Gabriela Pugliesi para não escorregar na dieta

A fit girl dá algumas dicas de como se manter firme no plano alimentar para não colocar em risco seus objetivos

Por Gislene Pereira - 14 nov 2016, 08h46

1. Prestar atenção ao cardápio

“Pela primeira vez na vida, estou seguindo uma dieta de verdade. Há anos me alimento de um jeito saudável, mas comecei a jacar mais, principalmente nas viagens. Percebi que, se eu continuasse assim, a conta não ia fechar, por mais exercício que eu fizesse! Foi quando decidi procurar um health coach (o Coach Bueno, queridinho de beldades como Anitta e Bella Falconi) e ter um novo desafio pela frente (gosto disso!).”

2. Incluir novos alimentos no prato

“Claro que no começo não é fácil para ninguém mudar os hábitos, mas acredite: a gente se acostuma. Aprendi a comer alimentos salgados pela manhã, incluir itens que antes não costumava colocar no prato (aspargos e peixes, por exemplo), beber muita água, deixar cookies de lado no lanche da tarde para ficar com algo mais nutritivo, como um muffin saudável de frango da chef Anna Paula Castro – não vivo sem! Depois de um tempo, com as mudanças no corpo e na qualidade de vida, você não vai querer parar.”

Leia também: 7 passos para transformar maus hábitos em bons aliados

3. Ter itens práticos à mão

“Mantenho tudo cortado e separado em potinhos. Assim, quando a fome bate, minhas porções estão praticamente prontas. Deixo vários ovos cozidos e descascados na geladeira, frutas picadas (como abacaxi, melão e kiwi), que podem ser misturadas a iogurte grego e chia, salada de folhas… Ah, também não pode faltar a gelatina. Quando a vontade de doce aparece, a versão diet me salva! Falando em substituir a ânsia por açúcar, outro truque que tenho é mascar chiclete sugar free ou beber chá gelado de limão ou maçã.”

Continua após a publicidade

E mais: 8 dicas para preparar a salada da semana no domingo à noite

4. Seguir regrinhas básicas

“Meu coach explicou que tão importante quanto comer de três em três horas é ficar em jejum pelo mesmo período. Sempre tento encontrar comida de verdade onde eu estiver e evitar ao máximo industrializados. Carrego nuts e frutas secas na bolsa – lanchinho saudável e prático.”

5. Fazer boas escolhas no restaurante

“Para segurar a boca fora de casa, só com muita força de vontade e foco no objetivo. Não tem segredo. Durante viagens e em restaurantes com os amigos e o noivo, escolho as opções mais saudáveis – elas estão lá, basta prestar atenção! No geral, opto por um grelhado com salada e legumes, por exemplo.”

 

Continua após a publicidade
Publicidade