Atletas britânicas revelam o que comem no café da manhã

Elas precisam caprichar na primeira refeição do dia para garantir energia para competir, mas cada modalidade exige uma alimentação diferente. Confira como é o café da manhã das atletas

Você já deve ter lido, aqui no site ou na revista, que o café da manhã é a refeição mais importante do dia. E para as atletas olímpicas, que gastam muita energia durante os treinos e provas, não é diferente. Contudo, o cardápio varia muito entre os esportes. Afinal, cada uma delas tem necessidades específicas. Confira como é a refeição matinal de três atletas britânicas que estão no Rio 2016:

1. Savannah Marshall, boxe: 4 ovos mexidos + muffin integral com espinafre e abacate.
Para as boxeadoras, o importante é seguir cardápio rico proteína para ajudar na recuperação e manutenção dos músculos. Além disso, o corpo delas também precisa ter pouca gordura para mantê-las ágil. Portanto, nada alimentos muito processados e com açúcar, como bolos e doces.

2. Becky Downie, ginástica artística: tigela de iogurte grego com diferents oleaginosas (amendoas, nozes, castanhas)
A prioridade das ginastas são laticínios. Isso porque elas precisam de uma grande quantidade de cálcio para garantir resistência óssea.  Em dia de competição, as ginastas podem adicionar uma pequena quantidade de carboidrato no café da manhã, como uma torrada ou cereais. Isso garante glicose no sangue, um tipo de açúcar que funciona como combustível para o cérebro e ajuda na a concentração.

3. Hannah Miley, natação: panqueca de aveia com banana, maçã, amêndoas, sementes de abóbora e passas
Particidade é a palavra-chave para o café da manhã das nadadoras. Como o treino começa por volta das 6 da manhã, elas preferem refeições fáceis de preparar ou, quando conseguem, deixam algo pronto. A aveia tem uma fibra solúvel chamada betaglucana, responsável por retardar a digestão, aumentando a saciedade e diminuindo a fome ao longo do dia. Já as nozes e sementes garantem boas doses de cálcio, magnésio e potássio, que ajudam na contração muscular.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s