Chocolate meio amargo vs. alfarroba: escolha a melhor opção para a dieta

Quem ama chocolate está sempre atrás de um doce com o mesmo gostinho, mas que engorde menos. Depois do meio amargo, é a vez da alfarroba fazer sucesso entre quem vive de olho na balança. Compare e escolha a sua versão.

O chocolate meio amargo conquistou fãs, mas será que ele é a melhor opção para a sua dieta?
Foto: Priscila Prade

Apesar de o chocolate meio amargo (com mais de 50% de cacau) ter quase as mesmas calorias que a versão ao leite, ele satisfaz mais com menos e, por isso, acabou conquistando um bom número de chocólatras preocupadas com o peso. Agora é a vez de a alfarroba ganhar a atenção de quem vive preocupada com a alimentação. Nas redes sociais, essa vagem com sabor próximo ao do cacau tem sido apontada como uma alternativa menos calórica ao chocolate. Mas será que a troca vale a pena? As nutricionistas Vanderlí Marchiori, de São Paulo, e Patrícia Davidson Haiat, do Rio de Janeiro, listam os benefícios de uma opção e de outra para que você faça a sua escolha. Compare e eleja o seu chocolate.
 

Alfarroba

 
É mais leve: por ter menos gordura, oferece 4 calorias em 1 grama e o cacau 9. Rica em vitaminas B1 e B2, ajuda o organismo a metabolizar gordura, carboidrato e proteína. Também é fonte de vitamina A (protege a pele e a visão), fibras (saciam e estimulam o intestino), cálcio e magnésio (minerais que, juntos, melhoram a mobilidade dos músculos, o que faz da alfarroba uma opção interessante principalmente para quem malha).
 
Outra vantagem: naturalmente adocicada, exige menos adição de açúcar no preparo do “chocolate”. Mas fique atenta ao rótulo, pois outros ingredientes podem transformar a alfarroba num doce gordo. E cuidado: o gosto mais suave de chocolate pode fazer com que você precise de vários pedaços para se sentir satisfeita.
 

Chocolate meio amargo

 
É estimulante: rico em teobromina, o chocolate com cacau extra estimula o cérebro e melhora o humor. Já os antioxidantes, da família dos flavonoides, ajudam a desinflamar as células e, com isso, reduzem a resistência do organismo à perda de peso. Fonte de energia rápida, o chocolate é uma boa opção para antes e depois do exercício.
 
Outra vantagem: o chocolate meio amargo costuma ser feito com cacau, açúcar e leite, mas já existem versões diet e sem lactose. O sabor é intenso e, por isso, deixa você feliz com uma porção pequena do doce. Aliás, intercalar chocolate com cacau extra e alfarroba é um bom treino para as chocólatras vencerem o vício do chocolate ao leite e, aos poucos, consumir apenas os 30 gramas diários recomendados.
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s