Continua após publicidade

Orgasmo na menopausa: o que realmente é mito e verdade

Será que a menopausa impede totalmente a possibilidade de atingir o orgasmo? Médica revela!

Por Juliany Rodrigues
Atualizado em 10 jul 2024, 09h27 - Publicado em 5 jul 2024, 14h00

A menopausa acontece quando a fase reprodutiva das pessoas que menstruam chega naturalmente ao fim. Ela envolve a interrupção da produção dos hormônios femininos pelos ovários, desencadeando sintomas como ondas de calor, alterações de humor, distúrbios do sono, ressecamento vaginal e a diminuição da libido.

Durante a menopausa, é comum apresentar complicações para atingir o clímax da relação sexual, o orgasmo.

Para a Dra. Loreta Canivilo, ginecologista, isso ocorre não apenas por causa das mudanças hormonais, que afetam a lubrificação vaginal e a sensibilidade, mas também devido à fatores psicológicos e emocionais.

“A insegurança ou baixa autoestima em relação às mudanças no corpo, à redução da libido e do desejo sexual, falta de intimidade emocional com o parceiro, incontinência urinária, secura vaginal e baixa sensibilidade no clitóris são alguns dos aspectos que prejudicam o prazer”, resume a especialista.

Continua após a publicidade

No entanto, ela garante que o orgasmo é possível durante esse período. A seguir, confira os principais mitos e verdades sobre o tema!

Mitos e verdades sobre orgasmo na menopausa

1

Terapia hormonal é a única solução para os problemas sexuais

Mito

Continua após a publicidade

Apesar das terapias hormonais ajudarem a lidar com os problemas sexuais durante a menopausa, elas não são a única solução.

Lubrificantes, exercícios de fortalecimento do assoalho pélvico e mudanças no estilo de vida também são medidas indicadas.

2
Continua após a publicidade

As mudanças hormonais afetam a resposta sexual

Verdade

Durante a menopausa, o organismo passa por uma queda dos níveis de estrogênio, hormônio que desempenha um papel importante na manutenção da mucosa vaginal, promovendo a lubrificação natural.

Com isso, pode ocorrer a secura vaginal e a redução da elasticidade e do fluxo sanguíneo, o que dificulta a resposta sexual e o orgasmo.

Continua após a publicidade
3

Atividade sexual regular pode ser benéfica

Verdade

Uma vida sexual ativa pode proporcionar uma série de benefícios, contribuindo tanto para a lubrificação e a elasticidade vaginal quanto para o bem-estar emocional durante a menopausa.

Continua após a publicidade
4

Exercícios de fortalecimento do assoalho pélvico podem ajudar

Verdade

Os exercícios de fortalecimento do assoalho pélvico podem ajudam na melhora da incontinência urinária e da sensibilidade sexual.

5

Não tem como chegar ao orgasmo após a menopausa

Mito

Ao contrário do que muitas pessoas acham, é possível atingir o orgasmo durante a menopausa, apesar das mudanças na resposta sexual.

Publicidade