Leitora, que chegou a pesar 90 quilos, transforma o corpo e vira fit girl

Jaqueline Brihy, 23 anos, começou sua transformação por acaso: ganhou do irmão um mês de treino com personal na academia do prédio. O presente rendeu a perda dos primeiros 8 quilos – e o start para fazer a balança apontar -24 quilos

Muitas mulheres sonham com uma mudança radical no corpo porque não gostam do que veem no espelho. Esse não era meu caso. Não deixava de praticar esportes ou começar uma dieta por preguiça, mas simplesmente porque eu me aceitava e me amava, mesmo pesando 90 quilos, aos 19 anos. Claro que às vezes me incomodava por não conseguir ir a uma festa com o vestido desejado e coisas assim. Mas, em geral, não ligava para minhas medidas. Até porque nunca sofri rejeição – pelo contrário: era a única do grupo que sempre tinha namorado. Mal sabia eu que um deles se tornaria meu grande companheiro de treino…

Quando meu atual e eu nos conhecemos, estava gigantesca. Ele era muito ativo porque os pais administravam academias. Então, ele se exercitava bastante e se preocupava muito com a própria saúde. Enquanto isso, eu, cheinha desde pequena, atacava coxinhas e era completamente viciada em pão de queijo. Apesar das divergências em nosso estilo de vida, passamos a namorar. O relacionamento deu certo durante três anos, mas então terminamos. Ficamos separados por um ano e, nesse período, perdi 18 quilos.

Minha mudança começou quando meu irmão veio morar em São Paulo e me presenteou com um mês de aula com o personal trainer dele. Eu fazia uma hora de musculação e uma hora de aeróbio na academia do meu condomínio. No início, não era capaz de andar na esteira nem por 15 minutos. Minha perna doía muito. Mas eu não desisti! Estava determinada a conseguir caminhar por uma hora nem que demorasse um tempão para isso.

Em apenas sete dias, já senti diferença. Algumas roupas ficaram mais soltas e o meu rosto diminuiu. Nem sei se aquilo foi real ou se eu estava vendo coisas, mas o importante é que me sentia muito feliz. Só no primeiro mês, perdi 8 quilos, mas não me contentei com isso. Continuei os exercícios e passei a me controlar na hora de comer. Até fiz promessa para cortar o pão de queijo de vez!

Um ano depois, já bem mais magra, reencontrei meu namorado. Ele ficou chocado! Nós reatamos e segui perdendo peso. Atualmente, temos uma rotina completamente diferente da de antes. Nos dedicamos à vida saudável e treinamos juntos sempre que possível. Depois dessa reviravolta no meu corpo, riei uma conta de Instagram, que me ajudou a não perder o foco e a despachar outros 6 quilos, totalizando 24.

Procuro me alimentar da melhor maneira possível e diminuí muito as quantidades. Antes, eram no mínimo dois pratos enormes no almoço. Hoje faço escolhas mais inteligentes (tento colocar 50% salada, 25% proteína e 25% carboidrato) e não repito de jeito nenhum. Além disso, passei a encarar a malhação religiosamente e nunca falto. Mesclo treino funcional,  aula dupla de spinning, caminhada na esteira, transport, escada. 

Meu objetivo não é mais perder peso, e sim me olhar no espelho e gostar do que vejo. Para mim, emagrecer significou muito mais do que conquistar um corpo bonito. Passei a encarar a vida de outra forma. Vivo me desafiando! Minha próxima aventura? Ser capaz de correr longas distâncias!


3 dicas de Jaqueline para não desanimar

1. TREINE COM ALGUÉM
“O que me ajudou muito foi ter ao lado pessoas que não me deixavam desistir nunca. Pode ser o personal, uma amiga, o namorado… O importante é não perder o foco!”

2. TESTE NOVAS MODALIDADES
“Não gosto de inventar muito e sei o que funciona para o meu corpo. Mas, quando enjoo de uma atividade, dou uma variada – procuro aulas de zumba no YouTube por exemplo.”

3. NÃO SE PESE TODOS OS DIAS
“Vários fatores podem influenciar o peso: hormônios, período do mês, retenção de líquido. Me pesava todos os dias e me frustrava. Para continuar firme, abri mão desse hábito.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s