Quem é a atleta que ganhou a primeira medalha olímpica para a Índia nos Jogos do Rio

Sakshi Malik já foi repreendida por lutar, mas continuou forte nos treinos e alcançou a tão sonhada premiação olímpica. Hoje, ela já é referência em seu país

Por Redação Boa Forma - Atualizado em 22 out 2016, 16h34 - Publicado em 18 ago 2016, 09h11

A lutadora Sakshi Malik ganhou a primeira medalha da Índia nos Jogos do Rio 2016, deixando o país em êxtase. Mas sua viagem até o pódio olímpico não foi fácil. Depois de um desempenho corajoso na categoria de luta olímpica feminina até 58kg, Sakshi ganhou bronze, tornando-se a primeira lutadora e a quarta mulher indiana a ganhar uma medalha olímpica. “Eu nunca pensei que me tornaria a primeira atleta da Índia a ganhar uma medalha olímpica na modalidade”, disse ao jornal The Hindu. “Espero que os outros lutadores também se saiam bem.”
 

Trajetória de sucesso

Sakshi nasceu no estado de Haryana da Índia, onde as mulheres, por algum tempo, não eram autorizadas a participar de eventos de luta. A atleta de 23 anos começou a treinar muito cedo. Relatos da mídia dizem que vizinhos repreenderam seus pais, dizendo que ela iria se tornar indesejável para potenciais pretendentes. Mas Sakshi continuou se empenhando e ganhou uma medalha de prata nos Jogos da Commonwealth Glasgow, em 2014, e no mesmo ano ganhou o bronze nos Jogos Asiáticos Incheon.

Veja também: Olimpíada Rio 2016: ginasta mexicana recebe críticas por ser curvilínea

Em coletiva de imprensa, ela afirmou: “quero dizer que meninas podem fazer muita coisa se você der confiança a elas“. A medalha de bronze foi um “resultado de 12 anos de dedicação”, disse ela. “Eu nunca desisti e fui até o fim. Na última rodada, eu tinha que dar o meu máximo, tive que acreditar em mim”.

Seu pai, Sukhvir Malik, disse à BBC que “Sakshi é agora conhecida por todo o país. As pessoas estão comemorando na porta da nossa casa desde a noite passada”. Ele acrescentou que sua filha foi incentivada pelo avô, um lutador, para começar a praticar o esporte.”Ela treinou extremamente – dia e noite. Me prometeu que ia trazer uma medalha e fez isso.”

Continua após a publicidade
Publicidade