Treino para fortalecer e definir a região do abdômen

As remadoras Fernanda Nunes e Vanessa Cozzi precisam de muita resistência para completar os 2 km de prova. Por isso, elas contam com exercícios que fortalecem e definem o core. Reme na mesma direção com este treino

Por Daniela Bernardi - Atualizado em 4 nov 2016, 14h51 - Publicado em 7 jun 2016, 14h34

Enquanto a carioca Fernanda começou a remar ainda na adolescência, Vanessa só descobriu a modalidade em 2012. O encontro delas aconteceu no início deste ano, quando disputaram juntas um torneio no Chile. “Vencemos e conseguimos a vaga para as Olimpíadas. Desde então, temos evoluído muito”, conta Fernanda, que deseja ficar entre as seis primeiras colocadas no Rio de Janeiro. Para isso, as atletas pegam pesado na preparação. “Levantamos às 5h e voltamos para casa no final da tarde”, conta Vanessa. Além da prática dentro da água (que bate os 25 km, a dupla treina musculação e bicicleta. “Usamos bastante a musculatura das pernas para dar impulsão à remada”, diz Fernanda.

Leia tabém: 4 atletas contam como estão se preparando para as Olimpíadas 2016

Por ser uma atividade repetitiva, é comum que remadores tenham problemas na lombar (aconteceu com Fernanda). “Exercícios isométricos focados no core previnem esses tipos de lesão e melhoram o equilíbrio e a coordenação de qualquer atleta”, conta Rafael Jacob, fisioterapeuta da Confederação Brasileira de Remo. Inclua o treino a seguir na sua rotina fitness duas vezes por semana e bata seu próprio recorde de abdômen definido.

Leia também: Olimpíadas 2016: por que é tão difícil para uma mulher ser atleta

Músculos de aço

Fortalecer o core de maneira estável ajuda na hora do agachamento – ou da corrida. “O treino isométrico parece fácil, mas a atleta sai bem suada por causa da ação da gravidade”, diz Rafael.

  • 2x 1 min cada exercício
  • 20 s de descanso entre eles​

Continua após a publicidade
Publicidade