Treino para peito mais empinado existe? Expert responde e dá exercícios

Anninha Martins, criadora do método Ballet Blend, mostra movimentos do protocolo que trabalham o peitoral

Por Amanda Panteri Atualizado em 17 nov 2020, 14h34 - Publicado em 23 nov 2020, 09h00

Quando se trata de volume dos seios, as brasileiras parecem estar entre as que mais se incomodam com a questão no mundo. Segundo o último relatório da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética (ISAPS), publicado em dezembro de 2019, o Brasil é o segundo país que mais realiza procedimentos estéticos no planeta (perdendo apenas para os Estados Unidos). Se você se encaixa no grupo das que gostariam de alterar a região, mas ainda está longe de considerar uma cirurgia, provavelmente já deve ter se perguntado: existe treino para peito mais empinado, menor ou maior? 

A questão é bem complexa. A mama é formada basicamente por tecido adiposo (gordura). O emagrecimento provocado pela combinação treino + alimentação equilibrada, então, pode até gerar uma certa alteração no volume da região. “Pensando esteticamente, o treino de força deixa o seio mais firme também, uma vez que enrijece a massa muscular que fica abaixo dele. Mas não necessariamente garante mais sustentação — isso tem a ver com a anatomia da região, que a gente não consegue mudar a não ser com procedimentos cirúrgicos”, explica o personal trainer Pedro Gorgulho (@pedrogorgulhoda), diretor técnico da rede de academias Biofisic, em Minas Gerais. 

Bom, então a conclusão é que uma sessão de exercícios sozinha não vai trazer grandes transformações para essa parte do corpo. Mas pode fortalecê-la e deixá-la um pouquinho mais durinha! Anninha Martins (@balletblend_), profissional de educação física, bailarina e criadora do método Ballet Blend, ensina três movimentos do protocolo para fortalecer o peitoral. Confira: 

Treino para fortalecer o peitoral 

Em três apoios, flexione os cotovelos e deixe uma perna em arabesque (alongada). Apoie as mãos no chão na largura dos ombros e deixe o peso do corpo nos braços. Desça e suba lentamente.

Faça 3 séries de 8 repetições.

 

Flexione os dois cotovelos e deixe os joelhos apoiados no chão, com os pés cruzados. Realize a flexão dos cotovelos e retorne lentamente.

Faça 1 série de 16 repetições.

 

Comece em plano alto (em pé), com os cotovelos flexionados e as palmas mãos voltadas para dentro. Deixe os pés em primeira posição. Lembre-se de manter o abdômen contraído durante toda a execução do movimento. Realize a adução e abdução dos braços lentamente.

Continua após a publicidade

Faça 3 séries de 16 repetições.

Equipamentos para potencializar seu treino de peitoral 

1 – Roda abdominal 

Ela pode até ter “abdominal” no nome, mas também exige muito da região do peito. Confira difrentes exercícios que você pode fazer com o aparelho em nossa matéria. Compre aqui: Vollo Sports, Rode de exercícios, R$75,80.

2 – Faixa de resistência

A gente não sabe se ama mais a praticidade deste acessório ou seu precinho mais em conta. Compre aqui: Live Up, Faixa Elástica de Resistência Média, R$39.

3 – Pesinho

Clássico, com ele você pode fazer os exercícios mais tradicionais para o peitoral (como o supino). Compre aqui: Iniciativa Fitness, Halter Revestido 3kg, R$80.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade