Benefícios do pistache

A oleaginosa é rica em nutrientes, de proteínas a fibras e vitaminas, e é um alimento incrível para todas as dietas

Por Marcela De Mingo Atualizado em 13 Maio 2022, 12h21 - Publicado em 20 Maio 2022, 08h00

Comer nozes e castanhas faz parte de 10 entre 10 dietas saudáveis, né? As oleaginosas são grandes aliadas tanto pelo valor nutritivo quanto pela praticidade – afinal, é bem fácil abrir um pacotinho de castanhas e mandar algumas para dentro no lanchinho da tarde. Mas, longe das castanhas do Pará e dos amendoins, o pistache pode ser uma ótima opção para entrar, literalmente!, nesse mix. 

O QUE É PISTACHE? 

Acredite se quiser, o pistache é uma fruta. Por essa, você não esperava, né? “Ele é composto por óleo, gordura, magnésio, vitamina B, vitamina A e antioxidante, e é bem típico do sul da Ásia”, explica a nutróloga Dra. Ana Luisa Vilela. 

Aproximadamente 100 gramas de pistache possui em torno de 562 calorias. Parece bastante, mas se você observar, 100 gramas de pistache é, de fato, muita coisa – e, tem mais, curiosamente, ele é considerado a oleaginosa de menor caloria quando comparada às demais. 

A vantagem é que esse conjunto de calorias não é, exatamente, um problema. Isso porque “a fruta é rica em vitamina B6, que regula o açúcar do sangue e ajuda na construção da hemoglobina”, continua a médica. “Pode ser considerada ainda um probiótico, já que ajuda nas bactérias boas do intestino.”

Porém, assim como a maior parte dos alimentos como esse, a contraindicação costuma ser bem conhecida: a alergia. Por ser altamente calórica, também pode ser restringida em dietas de emagrecimento, mas, para isso, é preciso contar com a orientação de um médico nutrólogo ou nutricionista. 

BENEFÍCIOS DO PISTACHE

Sim, comentamos nos parágrafos acima algumas das vantagens de incluir o pistache na alimentação, mas é sempre bom elencar – e aprofundar – os benefícios de um alimento tão rico quanto esse, certo? 

  • Alto valor nutricional: possui antioxidantes, proteínas, fibras, minerais e vitaminas, como folatos, vitamina B6 e vitamina E.
  • É bom para o coração: o pistache conta com altas concentrações de ômega-6 e ômega-9, que garantem a saúde do músculo. 
  • É uma ótima opção para vegetarianos e veganos: pessoas que não consomem carne costumam ter problemas com a quantidade diária de proteínas, mas o pistache, por ser altamente proteico, é um aliado para essas dietas. 
  • Melhora a digestão: contém fibras solúveis e insolúveis que ajudam no funcionamento do intestino, combatem a constipação e colaboram para a proliferação de bactérias do bem na flora intestinal. 
  • Promove a sensação de saciedade: por ser tão rica em fibras e proteínas, o pistache ajuda a controlar a fome, já que leva mais tempo para ser digerido.
Continua após a publicidade

Publicidade