3 mitos que podem sabotar a sua dieta

É só você pensar na fita métrica que várias regrinhas surgem na sua cabeça? Na verdade, elas podem não ser tão eficientes quanto imaginamos

Por Redação Boa Forma Atualizado em 28 out 2016, 03h36 - Publicado em 16 out 2015, 06h00

Comer a cada três horas, contar calorias, não cometer jacas… Quando o assunto é reduzir o manequim, algumas táticas – e que todo mundo está cansado de saber – são aplicadas imediatamente. O que poucos sabem, porém, é que esses mandamentos podem ter o efeito reverso no organismo e, consequentemente, sabotar o sucesso do seu projeto de transformação. Para a nossa sorte, a coach norte-americana Jamie Mendell, especialista em vida saudável, ensina como driblar os hábitos que não funcionam tão bem:

MITO 1: cortar açúcar, carboidrato, gordura e laticínios
Depois de passar 10 anos lutando com a balança, Jamie entendeu que cada organismo funciona de um jeito. Por isso, ela acredita que cortar certos alimentos do cardápio não deve ser uma regra. O truque é entender o que faz bem ao seu organismo e o que traz certos desconfortos. Assim, com a ajuda de um profissional, você será capaz de identificar uma dieta que trabalha a favor do seu metabolismo.

MITO 2: contar calorias
Você não precisa calcular cada alimento ingerido durante o dia. Para ela, o segredo do sucesso é seguir os sinais de fome do corpo e apostar em alimentos saudáveis. O fato de contar calorias faz com que o cérebro passe o dia negando certos alimentos que, na verdade, você gostaria de comer. E isso é péssimo para o processo de autocontrole, um dos princípios básicos da dieta. 

MITO 3: não sair da dieta
Passar o dia pensando no que você não pode comer, faz mal para o seu psicológico. A sugestão da coach é se permitir algumas escapadas da dieta ou procurar versões saudáveis da receita. Assim, você evita que o cérebro entenda o processo de mudança de hábito como sofrimento. 

Continua após a publicidade

Publicidade