As nutricionistas fitness para seguir no Instagram

Nos consultórios e nas redes sociais, elas pregam um estilo de vida saudável, com alimentação equilibrada e atividade física. Mas não basta só falar, elas também dão o exemplo!

Por Yara Achôa (colaboradora) Atualizado em 28 out 2016, 08h37 - Publicado em 2 nov 2014, 22h00

Elas usam as redes sociais para compartilhar dicas de alimentação saudável e receitinhas nutritivas e fáceis de fazer. Estudiosas do assunto, fontes confiáveis de informação e colaboradoras da BOA FORMA, essas profissionais sabem o que falam. E quando vivem na prática o que pregam nos consultórios, a confiança dos seguidores só aumenta. Elas são as nutri fitness: mulheres que têm cardápios equilibrados, malham com prazer e fazem de seu dia a dia um estilo de vida a ser copiado. Bem #atitudeboaforma!As nutricionistas fitness para seguir no Instagram

A dieta da nutricionista e personal trainer Manuella Rangel, 28 anos, do Rio de Janeiro, contém carnes magras, vegetais, frutas, grãos e muita água. “Faço as refeições bem certinhas, mas às vezes dou uma escapada”, confessa. Quando isso acontece, no dia seguinte ela capricha na ingestão de líquidos e de chás diuréticos. Esportista desde sempre – Manu já foi bailarina e jogadora de handebol -, atualmente ela corre e faz treino funcional. “Adoro treinar na praia, para curtir o visual e suar. Malho cinco vezes na semana e nos fins de semana gosto de pedalar e fazer stand up. Só sinto falta de um esporte coletivo, como vôlei, futebol ou handebol.” 

Dica da Manu:

Tenha um objetivo e uma inspiração – algo ou alguém que a motive. Beba muita água, corte as frituras e embutidos, consuma carne magra, fibras e vegetais. E procure fazer pelo menos 30 minutos de atividade física por dia.
Seu cotidiano inspira muita gente. “Somos nosso cartão de visita. Quem quer ir a um dentista com os dentes feios? Ou a um nutricionista que não tem cuidado com o corpo? Estamos em uma posição de vitrine, temos que dar o exemplo – e a melhor forma é mostrar que a nossa rotina funciona. Tenho muitas pacientes que vieram porque as motivei pelas redes sociais”, conta. Criadora do perfil @vemcomelas, em parceria com a personal Fernanda Queiroz, Manu também tem um canal no YouTube, onde posta vídeos com dicas saudáveis. 
 
 
As nutricionistas fitness para seguir no Instagram
Aos 39 anos, Alessandra Luglio, de São Paulo, coloca em prática o que receita a suas pacientes (entre elas a blogueira Gabriela Pugliesi e a atriz Claudia Raia): alimentação saudável e malhação. O resultado é um corpo bonito e muita energia. “Minha alimentação é fracionada – me alimento a cada duas ou três horas ao longo do dia. E todas as refeições, inclusive as intermediárias, têm o mesmo peso, sempre com carboidrato, proteína e gordura saudável. As escolhas são feitas levando em conta o teor de nutrientes, dando preferência a alimentos naturais (não industrializados).
 
Por uma questão pessoal, não como carne vermelha e frango. Eventualmente, coloco peixe no prato. Minha base proteica é feita com ovo, leite e proteína vegetal, como a da soja e do edamame”, explica. Contra radicalismos, ela diz que não existe “não” em seu cardápio. “De vez em quando, como um pedaço de pizza e um brigadeiro, sem culpa. Não considero isso ‘jaca’. Se por acaso o consumo energético foi maior do que o de costume, aumento um pouco a atividade física.”
 
Dica da Ale:
Encare a nutrição sem neura. Fracione as refeições, combine os alimentos e controle as quantidades.
 
Ale também prega que nutrição combina com abrangência. “Sou critica ao modismo alimentar, como retirar glúten e leite da dieta sem a real necessidade.” Hoje, ela concentra seus exercícios na academia: musculação, treino funcional e corrida. Quando consegue, ainda encaixa uma aula de luta e uma corridinha outdoor. 
 
 
As nutricionistas fitness para seguir no Instagram
Nutricionista funcional e crossfitter, Andreia Naves, 37 anos, de São Paulo, tem um plano alimentar equilibrado. Gosta de frutas (principalmente as vermelhas), alimentos integrais, vegetais folhosos escuros, leguminosas, raízes, produtos de milho (espiga, polenta, curau) e proteína animal (ovo, carne, frango e peixe). 
 
Se por acaso dá uma escapadinha da dieta – sim, isso acontece com ela também -, não é o fim do mundo. “Quando estou perto de competições, mantenho o foco, mas em períodos menos intensos me permito comer algo que gosto muito sem me martirizar.” E muda alguma coisa depois de uma jaca? “Volto tranquilamente à minha rotina de comida do bem. Entendo que o ‘trash’ eventualmente faz parte e não preciso me punir por isso. É só não entrar no ciclo vicioso da gula, compulsão e autopunição.” 
 
Dica da Andreia 
Se você continuar fazendo as mesmas coisas terá os mesmos resultados. A mudança de comportamento alimentar e estilo de vida são fundamentais para alcançar um corpo saudável.
 
Praticante de atividade física desde criança, chegou a ser atleta de heptatlo (modalidade olímpica com sete provas de atletismo). “Aos 34 anos, depois de ter meu segundo filho, conheci o CrossFit. Desde então venho praticando. Treino forte cinco vezes por semana, duas horas por dia.” Sobre sua relação com os pacientes, Andreia diz: “Muitos passaram a se exercitar inspirados em mim.”
 
 
As nutricionistas fitness para seguir no Instagram
A palavra equilíbrio sempre acompanhou a nutricionista Bruna Burti, 27 anos, de São Paulo. Sua dieta tem de tudo um pouco. “Consumo alimentos com alto valor nutritivo e maior concentração de nutrientes por calorias, ricos em vitaminas, minerais e compostos fitoquímicos que melhoram a saúde e previnem doenças.” Responsável pelos cardápios da atriz Carol Magalhães e do piloto Luciano Burti, ela também tem como regra básica o fracionamento das refeições. “Não passo mais de três horas sem comer.” 
 
Dica da Bruna 
Batata-doce é um pré-treino eficiente para manter a energia. Para o pós-treino, recomendo a proteína de rápida absorção, como o whey 100% isolado.
 
Mas não está livre das escapadas. “Acontece de vez em quando. O que falo para meus pacientes eu também coloco em prática: me permito até duas refeições ‘jaca’ por semana. Não concordo com o famoso ‘trash day’ (comer o que quiser durante o dia inteiro), porque você estraga tudo o que fez bonitinho durante a semana. Duas refeições livres em sete dias é bem tranquilo”, avalia. 
 
Praticante de atividade física há 12 anos, Bruna conta que é adepta de musculação e exercícios aeróbios (bike, escada, esteira e transport). “No começo, não postava foto minha nas redes sociais. Mas as pessoas começaram a pedir. Acho que isso influencia bastante o paciente, é um espelho para eles, que querem acompanhar a profissional praticando o que recomenda.” 
 
 
As nutricionistas fitness para seguir no Instagram
A nutricionista Betina Balletta, 31 anos, de São Paulo, se alimenta com bom senso e sem radicalismo. “Dou preferência a alimentos naturais e frescos. Meu cardápio contém verduras, legumes, frutas, grãos e sementes integrais, oleaginosas e carnes magras”, diz. Como boa filha de italianos, porém, se permite uma escapada de vez em quando. “Sou humana! Em uma refeição por semana (de preferência em dia de treino longo), dou aquela ‘jacada’. Compenso depois consumindo alimentos leves e bebendo muita água.” 
 
Dica da Betina 
Preste atenção no tamanho das porções, principalmente de carboidratos. Muita gente excede o consumo só porque pratica atividade física. Também é importante planejar e preparar com antecedência as refeições do dia.
 
Desde que se conhece por gente, ela pratica atividade física. “Passei por várias modalidades, como natação, ginástica olímpica, basquete e caratê. Mas aos 17 anos me encontrei na corrida e não parei mais. Atualmente minha paixão é o trail run (corrida em trilhas), que é mais do que um esporte, é um estilo de vida.” Betina treina quatro vezes por semana, sendo duas em meio à natureza. Também faz treinamento funcional e pilates. “O fato de eu correr e me usar como ‘cobaia’ influencia o comportamento dos pacientes. É um diferencial profissional ter essa vivência.”
 
 
As nutricionistas fitness para seguir no Instagram
Responsável pela dieta de famosas como Paola Oliveira, Fernanda Souza, Fatima Bernardes, Carol Buffara, Camila Rodrigues e Chris Vianna, entre outras, a nutricionista Patricia Davidson Haiat, 35 anos, do Rio de Janeiro, diz que sempre comeu certinho, priorizando o cardápio variado e as porções equilibradas. Meter o pé na jaca e exagerar nas guloseimas não é com ela. “Não sou gulosa e não costumo ter ‘olho grande’ na comida. Gosto de ser assim”, diz. 
 
Dica da Patrícia 
Para perder peso, varie o cardápio.Para definir o corpo, consuma proteína e carboidrato após os exercícios.
 
Atualmente, sua atividade física preferida é o bikram ioga (modalidade feita em uma sala aquecida a 42 °C). “A sensação de desintoxicação e relaxamento é ótima.” Mesmo com o consultório sempre cheio, Patrícia – que também é mãe de três filhos (5, 3 e 1 ano) – ainda encontra tempo para fazer caminhadas pelo menos três vezes por semana. “É importante vivenciar tudo isso para melhor entender os pacientes.”
Publicidade