Jantar sensorial: vantagens e como fazer um em 5 passos

A chef Cá Botelho explica o que é a tendência e dá dicas para você preparar em casa

Por Amanda Panteri Atualizado em 9 nov 2020, 13h08 - Publicado em 18 nov 2020, 09h00

Um jantar sensorial [refeição que promete aguçar todos os sentidos] pode proporcionar experiências inusitadas. Mas, para fazer um em casa, é preciso seguir alguns passos. Veja quais:

Como fazer um jantar sensorial em casa

Ver essa foto no Instagram

Nosso ultimo jantar as cegas de 2019 foi incrível, eu sinto que cumpri com o objetivo tão desejado so de ver essa foto ❤️ #pracegover na foto um homem branco com venda nos olhos sorrindo alegremente, com uma menina linda no colo de mais ou menos 4 anos com um vestido e coroa de princesa e também com sua venda nos olhos. #jantarascegas #comidadeverdade #veganismo #jantarascegasvegano Foto: @catiatakahashi

Uma publicação compartilhada por Camila Botelho|Consultoria (@chefcabotelho) em 16 de Dez, 2019 às 6:20 PST

1. HARMONIA É TUDO

Todos os pratos precisam estar harmonicamente compostos: seja um com o outro, em relação aos ingredientes ou aos estímulos do paladar e olfato;

2. ARRISQUE

Continua após a publicidade

O legal é brincar com texturas crocantes ou cremosas e sabores doces, salgados ou ácidos. Harmonize um vinho com cada prato, incluindo a sobremesa. Trabalhe com frutas em pratos salgados e temperos como manjericão e tomilho fresco em pratos doces;

3. COMEMORE

A experiência pode ser feita entre familiares, amigos ou em um jantar romântico. Com a vida que levamos hoje, esquecemos de apreciar uma refeição — este é o momento perfeito;

4. VENDE OS OLHOS

Quando comemos com os olhos abertos, literalmente acabamos comendo com os olhos (e além do necessário). Usar vendas traz consciência alimentar e mais satisfação;

5. COMA DEVAGAR

Coma mais devagar, apreciando cada aroma, sabor e textura.

Continua após a publicidade
Publicidade