Por que café dá vontade de fazer cocô?

Se você corre para ir ao banheiro depois do cafezinho, não está sozinha. Descubra os motivos por trás desse "efeito colateral"

Por Thieny Moltini Atualizado em 20 abr 2022, 14h15 - Publicado em 10 Maio 2022, 08h14

Você acorda cedo para trabalhar, senta para tomar o seu café e quando levanta para terminar de se arrumar sente uma vontade de ir ao banheiro que movimenta os seus planos. Se identificou? Não se preocupe! Saiba que essa rotina é comum para muita gente. Mas, afinal, por que café da vontade de fazer cocô? A gente te explica, a seguir. 

POR QUE O CAFÉ DÁ VONTADE DE FAZER COCÔ?

A relação que você faz entre o café e a sua ida ao banheiro não está errada, fique tranquila. 

De fato, o café contém substâncias que causam as contrações do trato gastrointestinal, aumentando o movimento do nosso intestino e dando aquela vontadezinha de ir ao banheiro. 

“É o que chamamos de reflexo gastrocólico, muito comum em recém-nascidos, podendo permanecer na vida adulta em algumas pessoas”, explica Antonella Turci, nutricionista clínica funcional e integrativa.

Existe também uma outra hipótese que sugere que a acidez do grão do café ajude a estimular o intestino. “Isso porque tanto o café comum quanto o descafeinado contém o ácido clorogênico”, comenta a nutricionista.

Imagem ilustrativa
Andrea Piacquadio/Pexels

O EFEITO DO CAFÉ É MUITO RÁPIDO?

É difícil cravar um tempo exato para a ação do café quando falamos da sua relação com a vontade de fazer cocô, porque isso vai depender de cada pessoa. Mas alguns estudiosos estão trabalhando nisso. 

“Pesquisas recentes da Faculdade de Medicina da Universidade do Texas, em Galveston, mostraram que o café afeta o movimento do intestino grosso dentro de quatro minutos após a sua ingestão. Eles também observaram que o seu efeito durou pelo menos 30 minutos”, conta Antonella.

Imagem ilustrativa
Andrew Neel/Pexels
Continua após a publicidade

A QUANTIDADE E INTENSIDADE DO CAFÉ INFLUENCIAM?

Um estudo publicado no Eur J Gastroenterol Hepatol mostrou que a ingestão de 240ml de café estimulou as contrações do cólon de maneira similar ao que acontece quando ingerimos uma refeição de mil calorias.

Os pesquisadores levantaram a hipótese de que as mensagens intestinais e cerebrais do café são, provavelmente, causadas pelos seus componentes químicos, não pelo volume ingerido, ou seja, é o que você bebe, não o quanto você bebe.  

Nessa linha, Antonella comenta que algumas pessoas relatam uma relação entre a intensidade do café e a “urgência” de ir ao banheiro. “Cafés mais fortes (ou intensos) podem acelerar os estímulos de movimentos peristálticos intestinais”, acrescenta a nutricionista.

PODEMOS USAR O CAFÉ COMO UM “REMÉDIO” PARA O INTESTINO PRESO?

Por mais que o café possa estimular a vontade de fazer cocô, Antonella não indica o seu consumo para esse fim. 

“Estratégias assim não justificam a prescrição da bebida para estimular a ida ao banheiro. A constipação é algo sério e deve ser tratada com uma dieta rica em fibras, ingestão adequada de água, reparação da microbiota intestinal, entre outros”, alerta a nutricionista.

“O café deve ser consumido de forma prazerosa, mantendo as tradições e culturas do hábito”, complementa.

O QUE FAZER SE O CAFÉ ME DÁ VONTADE DE IR AO BANHEIRO? QUAIS ALTERNATIVA?

A primeira dica é: vá ao banheiro! Agora, fique atenta em relação a intensidade desses efeitos e a consistência das suas fezes. 

“Cólicas intestinais intensas e fezes mais amolecidas não são saudáveis”, explica Antonella. 

Nesses casos, a orientação da nutricionista é intercalar o consumo do café com um chá (se possível de menta piperina, hortelã ou de camomila) e buscar uma avaliação médica e nutricional. “Muitas vezes iniciar um tratamento de reparação da microbiota intestinal ameniza os sintomas gastrointestinais”, conclui a especialista.

Continua após a publicidade

Publicidade