3 técnicas de micropigmentação para definir as sobrancelhas

Conheça as técnicas de micropigmentação que salvam quem não nasceu com sobrancelhas cheias!

Por Julia Carneiro (Colaboradora) Atualizado em 3 Maio 2017, 13h15 - Publicado em 3 Maio 2017, 12h04

Feitas com um dermógrafo (aparelho que implanta pigmento na pele com agulha), a definição dura cerca de um ano. O valor médio é de 1 500 reais. Aviso: mulheres com pele sensível podem sentir um pouco de dor. Segundo a designer de sobrancelhas Fátima Bahia, do Rio de Janeiro, não existe uma técnica melhor do que a outra, mas a que se encaixa no efeito desejado:

MILIMÉTRICA FIO A FIO
Feita com apenas uma agulha e cor de pigmento, os fios são desenhados de maneira inclinada. Ideal para quem tem a pele muito sensível, pois o processo é rápido e agride menos a pele.

FIO A FIO 3D
Utiliza mais de um tipo de agulha e até três colorações de pigmento. Os pelos são desenhados em diferentes direções e tamanhos, com resultado bem natural. É a mais pedida atualmente.

Veja também: Guia das principais redes de design de sobrancelhas do país

HIPER-REALISTA
Similar à técnica 3D, ela se difere na densidade dos fios. Nesta, a sobrancelha parece mais cheia e foge do visual modelado. É indicada para quem sofre com queda de pelos.

Dica amiga

“Na hora do design com micropigmentação, você pode escolher A duração que o pigmento ficará agindo na pele. Quanto menor o tempo, mais natural o resultado”, explica a designer de sobrancelhas Raphaella Bahia, do Rio de Janeiro.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade