Como cuidar da saúde dos seus cílios

O que você precisa saber sobre limpeza adequada, produtos a serem evitados e as famosas extensões

Por Amanda Ventorin Atualizado em 4 nov 2021, 18h28 - Publicado em 12 nov 2021, 14h00

Além de um indispensável componente quando estamos falando de beleza e maquiagem, os cílios são uma forma de proteção para a área ocular e são frequentemente esquecidos na rotina de cuidados, o que pode trazer vários problemas como queda, entupimento dos folículos de pelos e até mesmo acelerar o processo de envelhecimento da área.

cílios coloridos
cottonbro/Pexels

O ritual de cuidados deve ser diário

Assim como o skincare, o cuidado com os cílios deve ser diário e com produtos apropriados para a região (não é só o sabonete que você usa no rosto não, viu?). ” Cleanser oil ou bálsamo em um algodão fazendo um leve deslizar para remover os resíduos, depois os retirando com água. Também é importante lembrar que toda a região periocular tem o tecido mais fino, por isso é preciso tomar muito cuidado com os produtos usados nessa área, mesmo sendo apropriados para cílios, pois se mais agressivos podem gerar irritações ou até mesmo dermatite” conta Fernanda Chauvin, especialista em dermatocosmética e CEO Ellementti Dermocosméticos que não recomenda a água micelar para essa região.

óleo demaquilante - the body shopÓleo Demaquilante Camomila, The Body Shop

Pode-se também incluir produtos como séruns fortalecedores de fios para finalizar a rotina de cuidados. “Indico os que possuam ativos como Prohairin, Procapil e Lakesis, que irão combater o processo de envelhecimento do folículo, fortalecer os fios, aumentar e dar volume para o crescimento dos cílios”.

natura una - fortalecedor de cíliosSérum para Cílios  Sobrancelhas Extremific Una

Continua após a publicidade

 

Além disso, a maneira como a limpeza é feita deve ser delicada: Não esfregue o algodão ou produto, passe de maneira gentil para que não machuque os olhos ou provoque a queda de cílios. Produtos muito oleosos nesta região também devem ser evitados, pois podem estimular o entupimento dos folículos e dormir com maquiagem é explicitamente não recomendado.  E, é claro, usar sempre produtos hipoalergênicos e adequados para a região dos olhos.

Cílios e o alongamento

Volume russo, volume híbrido e fio a fio clássico. Sendo algo extremamente popular entre as mulheres e prático (já imaginou já acordar pronta para sair sem se maquiar?) a extensão de cíliosconsiste no ato de colar cílios sintéticos sobre os naturais, deixando-os mais cheios e curvados.. Mas requer, também, um cuidado especial daquelas que o usam para não danificar e prejudicar a saúde de seus cílios naturais.

Fernanda ressalta a importância de escolher um bom profissional para a aplicação. “É imprescindível que o procedimento seja feito por um profissional capacitado e adequado, para que cause o menor dano possível nos cílios naturais. O alongamento de cílios pode provocar problemas para a saúde ocular quando feito inadequadamente”, conta. Além disso, a colagem fio a fio pode causar certos incômodos como ardência, coceira e vermelhidão nos olhos. “Mas, em alguns casos, problemas mais graves podem ocorrer, como: Blefarite, uma inflamação na base dos cílios que gera inchaço, coceira, vermelhidão ocular e a descamação da pele, dando aspecto de caspas na região; Conjuntivite alérgica; Ceratite, inflamação da córnea, a camada mais externa do olho que também implica em hipersensibilidade à luz” finaliza.

Isabella Gomes, profissional da área, explica que antes resolver adotar a técnica, é preciso ter consciência de que terá um cuidado a mais com seus cílios. ” É importante manter a higiene, lavando todos os dias, mantendo sempre limpo para evitar qualquer tipo de problema. Pelo menos uma vez por mês peço que lave com shampoo neutro, e use a escovinha de pentear pra ficarem alinhados. Peço que evite também ficar coçando muito os olhos, evitar o máximo esfregar ou passar a mão em cima dos cílios”.

A manutenção também deve ser feita a cada 20 dias, onde as extensões dos os cílios que cresceram são retirados e recolocados, repondo também aqueles que caíram. “Não é necessário fazer pausa se você fizer as manutenções certinhas. Os cílios tem um ciclo de vida, eles caem igual nosso cabelo, se a extensão for feita corretamente, não irá prejudicá-los”, conta Isabella.

Continua após a publicidade

Publicidade