Guia de cuidado com os pés

Uma rotina fácil que pode mudar a saúde da região

Por Amanda Ventorin Atualizado em 18 fev 2022, 13h49 - Publicado em 22 fev 2022, 10h00

Muitas vezes negligenciado, os pés são os últimos a serem mimados quando o assunto é ritual de cuidados.

Porém, a falta de cuidados além de afetar a estética d região, pode trazer diversos danos para a saúde dos pés:

A falta de higienização favorece a proliferação de fungos e as micoses. Além disso, uma boa higienização vai evitar o famoso chulé, que pode ocorrer tanto por uma infecção bacteriana quanto por uma infecção fúngica.

Uma falta de hidratação nos pés também pode deixar o pé mais áspero e com rachaduras nos calcanhares, que também acabam sendo uma porta de entrada para que bactérias entrem na circulação, podendo, em casos mais extremos, levaram uma erisipela nas pernas.

 

COMO CUIDAR DOS PÉS DIARIAMENTE

  • hidratação na hora certa

Para o dia-a-dia, é importante que a hidratação seja intensa, já que é uma área com muita tendência de ressecamento e que todos os dias é agredida pelo andar e pelo uso de calçados. Fernanda Chauvin, farmacêutica bioquímica, recomenda que após o banho, quando for feita a higienização dos pés, aplique-se um hidratante potente e específico para a região. “Também pode ser interessante envolver os pés em papel filme por 20 minutos para potencializar os efeitos”.

  • unhas em dia

O cuidado com as unhas é de extrema importância: mantenha-as curtas, bem lixadas e em um corte reto, evitando, assim, cortar os cantos no crescimento, já que isso favorece o encravamento.

Continua após a publicidade

Também evite tirar as cutículas dos pés, uma vez que elas são uma barreira de proteção. Outro cuidado que devemos ter, é deixar os esmaltes nas unhas dos pés por muitos dias. Por quê? Porque isso abafa muito a unha, se o esmalte for escuro ele transfere o pigmento pra unha, deixando-a meio amarelada.

  • atenção para os sapatos

“Deve-se evitar sapatos muito apertados ou que a costura pegue na unha, porque às vezes esse excesso de pressão pode fazer com que unha descole, favorecendo também entrada de fungo causando as micoses nas unhas que são tão chatas de serem tratadas” compartilha Meire Gonzaga, dermatologista.

  • mantenha a região seca

Segundo Meire, é importante enxugar bem entre os dedos após o banho, para evitar doenças como frieiras. E, se você costuma suar bastante na região, certifique-se de usar meias que absorvam o excesso e as retirar assim que possível. Uma boa dica também é o uso de talco nos calçados, para absorver a umidade.

DEVO ESFOLIAR MEU PÉ?

Claudia Coral, farmacêutica especialista em ativos, explica que apesar da técnica deixar os pés aparentemente mais lisinhos, é muito agressiva. “Ao perder sua proteção fica mais exposta a sujidades e microrganismos, podendo desencadear infecções e inflamações. Além disso, nesta situação, o corpo tenta se proteger espessando ainda mais a pele da região agredida. Então, o ideal é prevenir o ressecamento e espessamento através do uso de esfoliantes desenvolvidos para a região de uma a duas vezes por semana, além de abusar da hidratação diariamente”.

RITUAL DE CUIDADOS

Se você tirou aquele dia especial para dar um boost no autocuidado, é importante não se esquecer de seus pés: Utilizar um sabonete com Aveia coloidal, (ativo obtido da aveia com ação hidratante e cicatrizante), aliado à uma esfoliação com produtos especialmente desenvolvidos para a região pode ser uma ótima opção. Além disso, produtos como ativos hidratantes e regeneradores podem dar um up na hora do autocuidado. 

Para isso, é importante investir em produtos a base de uréia, d-pantenol, ceramidas, os melhores ativos para a região dos pés, desde que eles sejam saudáveis. “Às vezes, paciente diabéticos, entre outros, precisam de cuidados especiais” compartilha Meire Gonzaga, dermatologista.

 

Continua após a publicidade

Publicidade