Continua após publicidade

Descubra o segredo do lash lifting para cílios volumosos

O procedimento promete cílios mais longos e volumosos sem utilizar extensões artificiais. Conheça!

Por Juliany Rodrigues
Atualizado em 2 jul 2024, 22h08 - Publicado em 21 jun 2024, 18h00

Além das extensões de cílios, outro procedimento estético que faz sucesso quando o assunto é embelezar o olhar é o lash lifting. Considerado uma técnica não invasiva e simples, ele contribui para o realce dos cílios naturais, criando um efeito volumoso, alongado e definido.

“O lash lifting é realizado apenas nos fios naturais, diferente da extensão de cílios, que envolve a colocação de cílios artificiais. Além disso, quem fez lash lifting pode usar rímel, o que não é recomendado para pessoas com as extensões”, explica a Thais Giraldelli, proprietária da Lash House, em São Paulo.

O que é lash lifting?

O lash lifting é um procedimento que tem como objetivo deixar os cílios naturais mais volumosos, longos, curvados e definidos, levantando o olhar.

“Ele traz um resultado semelhante ao das extensões, porém é bem menos invasivo“, resume a Kelly Vial, especialista em cílios e sobrancelhas.

Como é feito o lash lifting?

Karla Posê, especialista em estética e fundadora da Posê Beleza, diz que o lash lifting é feito por meio da aplicação de uma solução especial que ajuda a colocar os cílios para cima e a fixá-los nessa posição.

Continua após a publicidade

“Um molde de silicone é posicionado sobre a pálpebra, os cílios são curvados e moldados e, então, é aplicada uma solução de lifting para quebrar as pontes dissulfetos dos cílios. Após um tempo de espera, uma solução neutralizadora é usada para manter os cílios na nova forma”, detalha Posê. 

Durante o procedimento, também pode existir a opção de tingir os fios, tornando-os mais escuros e marcantes. “Em média, demora de 50 a 70 minutos para finalizar o lash lifting”, completa Giraldelli.

Quanto tempo dura lash lifting?

O resultado do lash lifting pode durar de 6 a 8 semanas. Porém, isso pode variar de acordo com os cuidados de cada pessoa e o ciclo de crescimento natural dos cílios.

“Levando em consideração que o procedimento dura de 6 a 8 semanas, não há necessidade de refazê-lo muito antes desse tempo. Comparado às extensões tradicionais, o lash lifting tem uma necessidade de manutenção muito baixa”, ressalta Vial.

Quais os cuidados após o lash lifting?

Após fazer o lash lifting, é fundamental adotar alguns cuidados para manter os resultados e a saúde dos cílios naturais, entre eles:

Continua após a publicidade
  • Não usar água quente ou morna nos fios;
  • Não esfregar a região dos olhos, seja ao coçar ou limpá-los;
  • Nas primeiras 24-48 horas após o procedimento, não molhar os cílios;
  • Evitar o uso de rímel à prova d’água;
  • Nos primeiros dias, não utilizar máscaras de cílios;
  • Dar preferência aos removedores de maquiagem suaves e livres de óleo;

Quais as contraindicações?

“Embora a maioria das pessoas possa fazer o lash lifting, existem sim contraindicações“, revela Karla.

Pessoas com condições oculares, psoríase, alergias a produtos químicos usados no procedimento, gestantes e lactantes não devem realizar lash lifting.

Para garantir a segurança do lash lifting e prevenir infecções, irritações ou outros danos, é preciso escolher um profissional treinado e que respeite os protocolos de higiene.

“O uso inadequado de produtos químicos ou a aplicação incorreta pode colocar em risco os cílios naturais e a saúde ocular“, conclui a fundadora da Posê Beleza.

Publicidade