Quer ficar loira? Mude o visual sem afetar a saúde do cabelo

Confira as dicas do hairstylist Alexandre Villa Verde, do Rio de Janeiro

Por Marina Campos e Gislene Pereira Atualizado em 17 fev 2020, 14h59 - Publicado em 18 nov 2017, 07h00

As brasileiras definitivamente querem ser loiras! Mais de 67% delas desejam clarear a cabeleira, sendo que 22 milhões já integram esse time, segundo a L’Oréal Professionnel. Para mudar o visual sem comprometer a saúde das mechas, o hairstylist Alexandre Villa Verde, do Rio de Janeiro, recomenda adotar sua nova versão com o pé no freio. “Comece com algumas luzes e vá acrescentando mais fios aos poucos, a cada dois meses”, diz.

Leia mais: Cardápio completo para prevenir o envelhecimento do cabelo

Para evitar aquela típica opacidade pós-química, vá de hidratação caseira pelo menos uma vez por semana (sugestão: Máscara Capilar para Cabelos Loiros Nativa Spa, O Boticário, R$ 43*) e abuse do leave-in com protetor térmico antes do sol ou secador.

O tom certo para você: “Mulheres com pele bem clara combinam com o platinado, enquanto as morenas e negras ficam bem com cores que puxam para o dourado”, indica Alexandre

*Preço pesquisado em setembro de 2017

Assine nossa newsletter e fique por dentro das últimas notícias de BOA FORMA

  • Continua após a publicidade
    Publicidade