Tratamentos (caseiros e clínicos) para aumentar os lábios

Ácido hialurônico e alguns tipos de batom são opções para aumentar o volume dos lábios; especialistas explicam como cada ativo atua na região

Por Victoria Theonila Atualizado em 18 jun 2021, 10h27 - Publicado em 25 jun 2021, 09h00

Quem nunca ultrapassou o contorno dos lábios ao passar batom, para tentar fazer a boca parecer um pouco maior? É natural que com o passar dos anos, você note que a região dos lábios afinam um pouco. Isso acontece porque ocorre a reabsorção de gordura, redução de colágeno e de elastina, fazendo com que a região perca volume e se torne mais flácida.

A boa notícia é que hoje em dia já existem diferentes procedimentos capazes de alterar a região dos lábios, deixando-os mais volumosos e preenchidos. Conversamos com a dermatologista natural Luiza Archer e com a cirurgiã plástica Luiza Coutinho, que explicam os tipos procedimentos e técnicas existentes.

Preenchimento

O preenchimento com ácido hialurônico ainda é a opção mais indicada pelas médicas para o aumento do volume labial. Como a aplicação é feita com o uso de agulhas, o procedimento pode ser um pouco dolorido e por isso uma pomada anestésica é aplicada antes. “Esse procedimento é seguro, tem duração temporária e é moldável. Pode ser feito em várias etapas e é utilizado não somente para proporcionar volume à região, mas também contorno e projeção. Para os lábios que já apresentam volume, mas querem mais hidratação e melhora do contorno, o skinbooster (hidratação injetável) é uma excelente opção, pois é um produto com ácido hialurônico de menor durabilidade utilizado superficialmente, que confere viço e maciez a pele e atua melhorando as rugas em código de barra”, explica a cirurgiã Luiza Coutinho. Nesses casos, o retoque pode ser feito a cada 30 dias.

Outro tipo de preenchimento indicado e igualmente seguro é a lipoenxertia, que é feito com gordura, mas não é reversível como o primeiro e deve ser realizado em centro cirúrgico. “Feito com a gordura do próprio paciente, é uma excelente opção para quem possui intolerância à dor e não deseja realizar o preenchimento múltiplas vezes”, conta. Já o preenchimento com produtos permanentes, como PMMA, não são seguros e podem provocar reações inflamatórias a longo prazo.

Mas quais são os procedimentos não cirúrgicos?

Produtos como lip plumpers e alguns batons com efeito mentolado podem aumentar o volume, hidratar e ainda revitalizar os lábios. A contraindicação fica para os lip pumpers, que são bombas de sucção “aumentam por alguns minutos o volume labial, mas podem deixar marcas ao redor da boca e causar equimose. E alguns batons contêm componentes que causam a vasodilatação, como a capsaicina e pimenta, e causam ardência ao aplicar, além de ter a possibilidade de causar uma reação alérgica”.

Continua após a publicidade

Quais ativos mantêm a pele dos lábios saudável e preenchida?

Para a dermatologista Luiza Archer, ativos que auxiliam na hidratação labial e, consequentemente na beleza dos lábios, são: manteiga de karité, manteiga de cacau, manteiga de cupuaçu, óleo de côco, óleo de jojoba, cera de carnaúba, ácido hialurônico e esqualano. Manter a hidratação da região é indispensável, uma vez que atua como uma barreira de proteção contra a perda de água e evita ferimentos, como as famosas rachaduras. “Existem inúmeros produtos excelentes no mercado, minha sugestão é escolher hidratantes com composições de panthenol ou cânfora e principalmente associados a proteção solar são as melhores escolhas”, completa Coutinho.

Além disso, as duas médicas comentam que como os lábios se tornam mais finos e lisos, envelhecendo gradativamente após os 30 anos, o ideal é evitar o tabagismo e a exposição solar, esfoliando, hidratando e protegendo a região sempre, para garantir a manutenção e boa aparência labial.  “Beber bastante água é outro fator essencial para manter a hidratação e saúde da região da boca”, diz Archer.

 

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade