BOA FORMA entrevista Histórias de quem pratica bem-estar, cuida da própria saúde e faz as melhores escolhas. É para se inspirar!

Boa Forma entrevista Pamela Drudi

Por Amanda Panteri Atualizado em 15 Maio 2021, 15h12 - Publicado em 18 Maio 2021, 10h00

A influencer Pamela Drudi (@pameladrudi), com mais de 3,5 milhões de seguidores no Instagram, ama rituais de autocuidado. Mas sabe qual é o seu principal segredo de beleza? Cuidar da saúde mental! 

Isso mesmo. Ela foi diagnosticada com psoríase por volta dos 16 anos e conta que, durante a pandemia, tem se percebido mais ansiosa. “Fico um pouco mais estressada — às vezes ando pela casa sem conseguir produzir conteúdo nenhum. E isso afeta diretamente a minha doença: o cabelo cai, a pele fica diferente (mais ressecada) e descama. Tem dias que vou dormir com o rosto vermelho e irritado demais por conta disso”, explica. 

Ela sabe que, durante esses períodos, além de tratar a pele e o cabelo, precisa dar mais atenção à mente. “Sei que a terapia ajuda muito”, diz. 

O que a ciência fala

O psiquiatra e neurocientista Pablo Vinicius (@drpablovinicius) explica que é muito comum o surgimento de doenças psicossomáticas em épocas de grandes abalos ou perdas: elas acontecem quando os sintomas físicos (que podem variar entre dor de cabeça, problemas de pele, diarreia, queda de cabelo e dificuldades respiratórias), têm origens emocionais. 

“Há uma relação clara entre os sinais e o estresse, ansiedade e até mesmo depressão”, diz o especialista. Apesar de não ser o caso da Pamela — afinal, a psoríase é uma doença dermatológica —, Pablo afirma que fatores mentais e emocionais também podem piorar quadros como o da influencer. “O estado emocional é capaz de agravar e até dificultar o tratamento da psoríase. Muitos dermatologistas encaminham seus pacientes para psiquiatras quando isso acontece.”

Continua após a publicidade
Publicidade