BOA FORMA: onde você encontra respostas confiáveis sobre as suas dúvidas de bem-estar BOA FORMA responde Vamos atrás dos melhores especialistas para tirar suas dúvidas

Quando é indicado operar o desvio de septo?

Por Paolo Rubez Atualizado em 1 nov 2021, 13h53 - Publicado em 17 nov 2021, 09h00

O septo é a estrutura de osso e cartilagem que separa internamente as duas narinas, ou vias aéreas. Algum grau de desvio é presente na maioria das pessoas, no entanto, nem sempre é necessário operar.

A indicação é baseada no grau de desvio e na queixa do paciente. Se o paciente apresenta um desvio grande, ou se queixa de dificuldade para respirar, está indicada a cirurgia.

Muito comumente há também a presença de hipertrofia de cornetos (“carne esponjosa”) , que pode ser tratada ao mesmo tempo, promovendo uma melhora ainda maior à respiração do paciente. Pacientes com desvio de septo também podem apresentar um tipo de enxaqueca, rinogênica, que pode ser tratada através da septoplastia.

RESPONDIDO POR:

DR. PAOLO RUBEZ: Cirurgião plástico, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica (ASPS) e da International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS), Dr. Paolo Rubez é Mestre em Cirurgia Plástica pela Escola Paulista de Medicina da UNIFESP. O médico é especialista em Cirurgia de Enxaqueca pela Case Western University, com o Dr Bahman Guyuron (em Cleveland – EUA) e em Rinoplastia Estética e Reparadora, pela mesma Universidade, e pela Escola Paulista de Medicina/UNIFESP. http://drpaolorubez.com.br/

.

Continua após a publicidade

Publicidade