BOA FORMA: onde você encontra respostas confiáveis sobre as suas dúvidas de bem-estar BOA FORMA responde Vamos atrás dos melhores especialistas para tirar suas dúvidas

O que é alopecia androgenética e quais as causas?

Por DRA. JAQUELINE ZMIJEVSKI Atualizado em 8 ago 2022, 12h25 - Publicado em 6 ago 2022, 10h00

A alopecia androgenética, também conhecida como calvície, pode afetar homens e mulheres, e consiste na diminuição progressiva da produção dos cabelos. Pode se manifestar ainda na adolescência, quando os hormônios sexuais começam a ser produzidos. A testosterona é convertida em di-hidrotestosterona (DHT) pela ação de uma enzima chamada 5-alfa-redutase. Nos pacientes com genética para calvície, a DHT liga-se a receptores presentes nos folículos pilosos, levando ao afinamento, miniaturização (fios menores) e diminuição na quantidade de fios por folículo. O paciente começa a perceber uma diminuição progressiva dos fios, nota o couro cabeludo mais aparente, o rabo de cavalo menor, ou a risca central mais larga. Nessas situações, o paciente deve buscar ajuda médica dermatológica, investigar o caso e fazer dermatoscopia do couro cabeludo, confirmando ou excluindo o diagnóstico. Na dúvida, o médico pode solicitar biópsia do couro cabeludo e, quando necessário, exames laboratoriais. Com o diagnóstico feito, o tratamento pode ser iniciado. No caso da calvície, o tratamento se baseia no uso de medicamentos via oral, associado a técnicas em consultório como microagulhamento, MMP capilar, laser de baixa intensidade e lasers não ablativos que funcionam formando canais para entrada de medicamentos diretamente no couro cabeludo.

Respondida por:

DRA. JAQUELINE ZMIJEVSKI: Dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

 

Publicidade