BOA FORMA: onde você encontra respostas confiáveis sobre as suas dúvidas de bem-estar BOA FORMA responde Vamos atrás dos melhores especialistas para tirar suas dúvidas

Qual exame genético fazer para conseguir melhores resultados nos esportes

Por Rafael Fabres de Carvalho Atualizado em 4 Maio 2022, 18h03 - Publicado em 30 Maio 2022, 10h00

No Kurotel realizamos o exame genético Fit Sport que, através da análise de DNA, identifica quatro aspectos fisiológicos importantes para programar o exercício físico ideal para esta pessoa. 

São elas:

  • Predisposição ao tipo de fibra muscular: 

Fibras tipo 01: contração lenta, aeróbias, vermelhas, resistente a fadiga, crescem com dificuldade e aumentam pouco sua força;

Fibras tipo 02: contração rápida, anaeróbias, brancas, potentes, cansam facilmente, desenvolvem rapidamente massa e força.

  • Lipólise: capacidade do organismo de eliminar gordura. Alta, baixa ou intermediária.
  • Capacidade Antioxidante: Capacidade do organismo de liberar as toxinas produzidas pelo exercício. Uma incorreta capacidade de eliminação das toxinas (radicais livres) pode levar a distúrbios musculares e articulares influenciando negativamente no treinamento.
  • Resposta inflamatória: relacionada à recuperação muscular após o treino.

Através do resultado deste exame, conseguimos personalizar com mais certeza o treinamento das pessoas, potencializando seus resultados, melhorando seu desempenho, manter a adesão do cliente aos exercícios e até mesmo descobrir qual modalidade esportiva é mais adequada.

Respondida por:

Rafael Fabres de Carvalho
Graduado em Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Federal de Pelotas – UFPEL. Pós-Graduação em Personal Trainer.

Continua após a publicidade

Publicidade