Priscila Conte Vieira: a psicóloga especialista em psicologia positiva é a nova colunista da BOA FORMA Terapia e felicidade, com Priscila Conte Vieira A psicóloga Priscila Conte Vieira (CRP 08/30418), especialista em psicologia positiva, auxilia você a ter uma vida mais leve e mais feliz!

A falta de controle

Se você, assim como eu, tende a controlar todas as coisas ao seu redor e, quando por algum motivo não consegue, sofre muito com isso, esse texto é pra você! 

Por Larissa Serpa 15 jan 2022, 11h27

Controlar o incontrolável, um comportamento bem habitual e conhecido pela maioria de nós e que gera bastante estresse e sofrimento, afinal, a grande maioria das coisas estão fora do nosso poder de controle.

Ansiedade para solucionar problemas que às vezes nem existem, nervosismo frente ao desconhecido, sensação de impotência quando vê outro passando por dificuldade… Por aí vai!

Admito que a pandemia trouxe ainda mais essa sensação de falta de controle para mim (e também para a maioria dos meus pacientes), afinal, não sabemos quando tudo isso vai acabar, sofremos no dia a dia com os números de casos e temos ainda mais dúvidas antes de tomar simples decisões como sair de casa ou encontrar alguém. 

Ok, agora que já identificamos o problema, acredito que vocês já imaginam quais são as consequências, certo? Ansiedade, sensação de impotência, baixa autoestima, estresse, burnout… Quando tentamos controlar tudo ao nosso redor, paramos de apreciar o momento presente e nos tornamos aficionados na resolução de problemas e, às vezes, atrapalhamos os outros pois tentamos resolver por eles. 

E como podemos evitar tudo isso? Primeiro passo é compreender que muitas coisas não estão no nosso controle e que está tudo bem! Se permitir ser surpreendido, abrir mão de sempre saber os próximos passos, recordar que somos apenas seres humanos e não uma divindade, começar a viver mais o momento presente e se divertir com a vida!

Quando nos libertamos desse controle, apreciamos mais o cotidiano, quando conseguimos de fato entregar nossos problemas ao universo, ficamos mais abertos para resolvê-los com mais tranquilidade e consciência. Afinal, quando focamos apenas no que está acontecendo de ruim, nossa mente diminui nossa capacidade de resolução de problemas e passamos a apenas observar o que há de errado. 

Pare pra pensar quando foi a última vez que você esteve presente no presente e não se importou em controlar todos os seus próximos passos? Como você se sentiu em relação a isso? 

Continua após a publicidade

Para alguns, pode ser ruim, simplesmente por ser novo. Para outros pode ser libertador e muito agradável.

 Não estou dizendo para abrir mão de tudo e ficar atoa por ai, ok? Temos algumas obrigações e exigências, mas podemos lidar com elas com muito mais tranquilidade! 

 

Vamos tentar juntos? 

 _______________________________________________________________________

Oi, eu me chamo Priscila Conte Vieira, mas pode me chamar de Pri! Sou psicóloga, palestrante e mentora. Atuo na psicologia clínica, sou especialista em Psicologia Positiva, pós graduanda em Terapia Cognitivo Comportamental, master em autoconhecimento, coach de vida, practitioner em PNL e também criadora do Podcast Respira, não pira (que tal dar uma conferida lá no Spotify?!)

Estarei por aqui todas as semanas, abordando temas da Psicologia Positiva, felicidade, bem-estar e os auxiliando a serem as suas melhores versões, por meio do autoconhecimento e florescimento. Para saber mais sobre mim e me acompanhar no dia a dia, é só me seguir no Instagram! Estou por lá como @psi.priscilaconte Te vejo no próximo Sábado! Até mais <3 

 

Continua após a publicidade

Publicidade