Dicas de alimentação e suplementação para turbinar o treino

Uma expert no assunto explica que não adianta suar o top e depois se encher de chocolate, ou sonhar em ganhar músculos e só comer salada!

Por Julia Carneiro - Atualizado em 17 fev 2020, 15h17 - Publicado em 13 jun 2017, 15h14

O modo como você se alimenta também pode fazer toda a diferença nas suas metas. Não adianta suar o top e depois se encher de chocolate, né? Ou sonhar em ganhar músculos e só comer salada. Pensando em suplementar? “O whey protein pós-treino não faz milagre para recuperar o tecido muscular. Se não houver fontes proteicas distribuídas nos lanches e refeições, o corpo não responderá da forma correta”, esclarece a nutricionista Dafne Oliveira, de São Paulo.

Leia mais: 3 hábitos que você deve abandonar se quer músculos mais definidos

Já os termogênicos (que devem ser indicados por um profissional) perdem o valor quando misturados a alimentos de má qualidade, como açúcares, farinhas refinadas e frituras. “Tomar suplementos não é regra. O excesso deles até sobrecarrega o fígado e os rins e aumenta a pressão arterial. Procure suprir as exigências do organismo no prato”, diz Dafne. O cuidado no exagero também deve envolver os alimentos considerados saudáveis, como a tapioca, as castanhas e os integrais. Leia sempre o rótulo de sucos e chás industrializados para checar a quantidade de açúcar.

“No day off, não se sinta obrigada a comer uma bobagem. Se você está feliz com seu novo paladar, mantenha as escolhas para não trazer de volta o sentimento compulsivo”, diz a nutricionista funcional Cynthia Antonaccio, de São Paulo. Com a forcinha da dieta, seu treino vai dar resultado rapidinho!

Fique por dentro de tudo o que rola no mundo fitness com a newsletter da BOA FORMA 

Continua após a publicidade
Publicidade