Dieta da batata-doce: mais músculos e menos peso

A batata-doce é perfeita para quem quer energia para malhar e ganhar músculos. Saiba o jeito certo de incluí-la no cardápio e conquiste um corpo firme e definido!

Ela continua sendo a queridinha de quem quer manter o peso em dia e ter pique de sobra para malhar. Seu consumo é recomendado principalmente no pré-treino. “Fonte de amido resistente – um tipo de carboidrato de médio índice glicêmico –, a batata-doce libera energia aos poucos no organismo, garantindo combustível do começo ao fim do exercício”, explica o nutriendocrinologista Romualdo Lima, do Rio de Janeiro.

Alimento maromba

A liberação lenta de açúcar no sangue também ajuda a manter os níveis de glicogênio, o combustível dos músculos. “Isso impede que, durante o treino, especialmente o de força, ocorra a perda de massa muscular”, complementa Claudia Talan Marin, nutricionista especializada em nutrigenômica, metabolismo e atividade física, de São Paulo.

Emagrecedor

O poder da batata-doce ao ajudar no emagrecimento é comprovado pela ciência. De novo, graças ao índice glicêmico médio. Segundo uma pesquisa da Faculdade de Agricultura e Ciências da Vida, da Universidade Cornell, nos Estados Unidos, o fato de ela fornecer energia de modo equilibrado evita picos de insulina, que, em excesso no sangue, estimula o organismo a estocar gordura.

Batata-doce x doenças

Não é só isso: o risco de diabetes diminui e o amido resistente derruba os níveis de LDL, o colesterol ruim, e o triglicérides, reduzindo o risco de doenças cardiovasculares. Quando chega ao intestino grosso, esse carboidrato é fermentado pelas bactérias do bem e, com isso, auxilia na prevenção de prisão de ventre, hemorroidas e doenças inflamatórias intestinais.

Tem mais!

Romualdo Lima destaca outros benefícios da batata-doce: “Ela carrega vitaminas A (essencial para a saúde da pele e dos olhos) e do complexo B (atua no sistema nervoso)”. Também oferece magnésio (ativador de várias enzimas), fósforo (aumenta a disposição), cálcio (preserva os ossos) e potássio (controla a pressão arterial).

A espécie com polpa cor laranja ainda tem betacaroteno, e a variedade roxa, antocianina e vitaminas C e E. “Essas substâncias antioxidantes ajudam a combater os radicais livres produzidos em excesso durante o exercício e, com isso, protegem contra o envelhecimento precoce das células e da pele”, finaliza Claudia Talan Marin. Alguma dúvida de que a batata-doce é uma grande aliada de quem malha?


Cardápio

Se você malha forte no mínimo três vezes por semana, este cardápio vai ajudá-la a perder peso e a definir o corpo. Criado pela nutricionista Claudia Talan Marin, inclui a batata-doce principalmente no lanche pré-treino (abaixo). Nos dias de exercício leve, siga este menu completo:

Café da manhã 

Opção 1: 1 copo (300 ml) de suco detox (limão com casca, couve, hortelã e 1 maçã) + 1 fatia de queijo branco  + 1 banana amassada com 2 col. (chá) de granola 

Opção 2:1 xíc. (chá) de café com leite desnatado (use sucralose ou estévia, opcional) + 1 taça de salada de frutas com 1 col. (sopa) de chia 

Opção 3: 1 pote de iogurte natural desnatado batido com 5 morangos e 1 col. (chá) de aveia + 1 xíc. de infusão de ervas (hortelã, hibisco)

Opção 4: Lanche pré-treino abaixo

Lanche da manhã 

Opção 1: 2 castanhas-do-pará

Opção 2: 1 paçoca diet (25 g) 

Opção 3: 4 col. (sopa) de abacate com 1 fio de agave (ou adoçante)  

Opção 4: Lanche pós-treino abaixo

Almoço 

Opção 1: Salada de folhas (aipo, alface, agrião, acelga, rúcula) à vontade + 2 col. (sopa) de arroz integral à grega (ervilha, cenoura e pimentão) + 1 filé (100 g) de frango grelhado + 1 taça de gelatina diet

Opção 2: Salada de folhas, pepino e rabanete à vontade + 2 col. (sopa) de purê de batata-doce (cozinhe e esprema 1 batata-doce, junte 2 col./sopa de leite de coco light e mexa até ficar homogêneo) + 4 col. (sopa) de carne magra moída refogada + 1 taça de flan diet  

Opção 3: Salada de folhas, abobrinha crua ralada e tomate à vontade + 2 col. (sopa) de mandioquinha refogada + 1 filé médio (120 g) de tilápia grelhada + 1 taça de gelatina diet feita com 2 col. (sopa) de iogurte desnatado

Lanche da tarde 

Opção 1: 1 col. (sopa) de queijo cottage com 1 col. (sobremesa) de geleia de goiaba sem açúcar

Opção 2: 1 bananinha seca sem açúcar + 1 queijinho pasteurizado light com fibras 

Opção 3: 1 garrafinha de iogurte de beber light + 3 damascos secos

Opção 4: Lanche pré-treino (abaixo)

Jantar

Opção 1: Salada de folhas à vontade + 2 col. (sopa) de legumes refogados (abobrinha, vagem, chuchu, cenoura) + Suflê de espinafre (junte 4 claras em neves com 2 xíc./chá de espinafre e 1 col./sopa de cottage. Asse em forno médio (160 Cº a 180 ºC) 

Opção 2: Salada de folhas à vontade + 2 col. (sopa) de abóbora refogada + 1 porção (100 g) de salmão assado

Opção 3: Salada de folhas à vontade + Talharim de abobrinha (retire a polpa e corte a parte mais firme de 2 abobrinhas em tiras no descascador de legumes. Refogue com azeite e alho)  + 1 filé (100 g) de frango grelhado com molho de mostarda e iogurte

Opção 4: Lanche pós-treino (abaixo)

Ceia 

Opção 1: 15 g de chocolate 70% 

Opção 2: Mix de castanhas: 2 castanhas-do-pará + 4 amêndoas + 2 avelãs

Opção 3: 2 col. (sopa) de abacate com 1 fio de agave (ou adoçante, opcional)

Tempero da salada: 1 col./sopa de azeite extravirgem, limão e pouco sal.
Bebidas: 2 litros de água por dia e infusão de ervas sem açúcar à vontade


Para o pré-treino

A batata-doce é importante principalmente nessa refeição, que deve substituir o café da manhã do cardápio ao lado (quando você se exercita pela manhã) e o lanche da tarde do mesmo menu (caso treine perto desse horário). E, como combina carboidrato de médio índice glicêmico (libera energia aos poucos) e proteína – mesmo na panqueca e no waffle –, precisa ser consumida até uma hora antes do exercício. Você só tem 30 minutos antes? Então coma só a batata-doce. 

Até 1 hora antes do exercício (carboidrato de médio índice glicêmico + proteína)

Opção 1: 4 fatias (100 g) de batata-doce cozida ou assada com 1 col. (chá) de agave e polvilhada com canela em pó + Omelete de 4 claras com salsa 

Opção 2: 1 waffle (veja receita abaixo) com + 1 col. (sobremesa) de geleia diet 

Opção 3: 1 panqueca (veja receita abaixo) com 1 fatia de queijo branco


Para o pós-treino

Aqui, a batata-doce fica de fora. Isso porque você precisa de um carboidrato de alto índice glicêmico (importante para repor rapidamente a energia dos músculos) mais  uma proteína. Atenção: dependendo do horário que você se exercita, o pós-treino deve substituir o lanche da manhã do cardápio ao lado ou o jantar.

Até 30 minutos depois do exercício (carboidrato simples + proteína rápida) 

Opção 1: Shake: 1 scoop de whey protein batido com 1 copo (150 ml) de suco de melancia e gengibre 

Opção 2: Omelete de 4 claras + 1/2 copo (150 ml) de suco de uva integral orgânico sem açúcar 

Opção 3: 1 pote de iogurte com proteína extra e 1 banana picada


Receitas

Panqueca de batata-doce

Ingredientes

1/2 batata-doce pequena (100 g)
4 claras 
1 ovo
1 col. (chá) de essência de baunilha (opcional)

Modo de fazer 

Corte a batata-doce em pedaços (pode manter a casca) e cozinhe até ficar macia. Coloque no liquidificador e bata bem com 
os outros ingredientes. Em uma frigideira pequena e antiaderente, levemente untada, prepare as panquecas (uma a uma) em fogo bem baixo. Tampe e deixe dourar por cerca de 4 minutos cada lado.

Rende: 5 panquecas
Calorias: 45 por panqueca

Waffle de batata-doce com raspas de laranja 

Ingredientes

1 xíc. (chá) de batata-doce assada (ou cozida) e amassada 
1 xíc. (chá) de aveia em flocos 
1/2 xíc. (chá) de leite de soja zero (ou água)
2 ovos 
1 pitada de sal
1 col. (chá) de fermento em pó 
Raspas da casca de 1 laranja
1 scoop de whey protein sabor baunilha (opcional) 

Modo de fazer

Em uma tigela, misture os ingredientes (exceto as raspas de laranja) com a ajuda de um mixer (ou bata no liquidificador). Junte as raspas e use uma máquina de waffles ou aqueça uma frigideira antiaderente e asse a massa dos dois lados, como se fosse uma panqueca mais grossinha. 

Rende: 6 waffles
Calorias: 98 por waffle

Receitas sugeridas por Roberta Pacheco, do blog Frango com Batata-Doce.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. Adorei, muito boa a matéria e as receitas então, demais, parabéns!
    Vou juntar com as muitas outras receitas que venho escrevendo no meu site.
    Além de estar fazendo essa dieta também.

    Curtir

  2. Fabiana Rodrigues silva

    Oi eu almoço 12:00 e treino 13:00 almoço norlal ou como o pré treino?

    Curtir