O que é ser autossexual

Não, não é atração por carros nem tem a ver com narcisismo

Por Larissa Serpa Atualizado em 9 dez 2021, 16h10 - Publicado em 3 jan 2022, 10h18

Um tempo atrás, a socialite Kourtney Kardashian compartilhou um artigo sobre autossexualidade. Nele, a terapeuta Casey Tanner definia esse termo como “um traço em que alguém se excita ao se envolver em seu próprio erotismo”.

Quer entender melhor? A gente explica.

O QUE É AUTOSSEXUALIDADE

Não, não quer dizer que você tem necessariamente só sente vontade de transar consigo mesmo, mas você sente atração sexual por si e não no sentido de se apenas se sentir sexy mas de, de fato, sentir desejo sexual quando pensa em si.

É comum que pessoas autossexuais experimentem desejo sexual ao se olharem no espelho, prefiram a masturbação a todos os outros tipos de contato físico ou sexual e fiquem excitadas com o pensamento ou ato de seu próprio desempenho durante o sexo.

Tanner nos diz que, como a maioria das características humanas, a autossexualidade é um espectro – e a maioria de nós está nele! Alguns podem se identificar como exclusivamente autossexuais (caso em que podem considerar a autossexualidade sua orientação sexual). A maioria das pessoas, entretanto, incorpora a autossexualidade a um repertório sexual mais amplo, que também inclui ser ativada por parceiros.

NÃO É NARCISISMO

Se esse pensamento passou pela sua cabeça, pense de novo.

“O narcisismo é uma consequência da própria ansiedade em si, de um poder que as pessoas acreditam ter e pensam que são melhores do que as outras”, explica o PhD, neurocientista, neuropsicólogo e biólogo Fabiano de Abreu.

Ele é um distúrbio de personalidade que, por fazer com que a pessoa se ache melhor, indica uma intensa falta de empatia pelos outros.

A autossexualidade, por outro lado, é uma orientação sexual que nomeia uma preferência sexual.

COMO SABER SE VOCÊ É AUTOSSEXUAL

1

Você prefere a masturbação a todos os outros tipos de sexo

vibradores e pandemia
CSA-Printstock/Getty Images
Continua após a publicidade

É comum que os autossexuais prefiram a masturbação ao sexo com outras pessoas. Você já desejou que seu parceiro deixasse a cena do sexo para que você pudesse terminar por conta própria? Calma!

Preferir sexo solo a sexo em parceria ou em parceria não é, por si só, uma indicação de que alguém é autossexual. Há uma série de razões pelas quais alguém pode preferir sexo sozinho, mas se o motivo é porque você sente mais atração por si mesmo do que pela pessoa ali com você, aí é um sintoma.

2

Você se sente mais atraído por si mesmo do que pelos parceiros

Sim, você pode ser mais atraente que seu parceiro e saber disso. Isso não significa nada. Mas os autosssexuais ficam excitados de pensar em si mesmos em cenários sexuais e não por estar fazendo um ato sexual com outra pessoa, mas pela imagem de si mesmo sendo sexual.

3

Você adora fazer sexo na frente do espelho

Masturbar-se na frente de um espelho é uma boa maneira de aprender mais sobre suas preferências pessoais de prazer. Mas se você faz isso especificamente para se admirar, isso pode ser um sintoma – mas não necessariamente.

SOU AUTOSSEXUAL, E AGORA?

Sexo antes da competição atrapalha o desempenho?
Serge Krouglikoff/Getty Images

Se você suspeita que é autossexual, não há razão para procurar ajuda nenhuma a menos que sua experiência de atração esteja ativamente lhe causando sofrimento. Autosssexuais podem ter relacionamentos felizes e saudáveis.

Isso porque, em um relacionamento, as pessoas têm orientações sexuais e românticas. A orientação sexual descreve os gêneros pelos quais alguém se sente sexualmente atraído, enquanto a orientação romântica descreve o padrão de atração romântica de alguém. E, embora os dois às vezes estejam alinhados, eles não precisam ser.

Ou seja, você pode ser exclusivamente autossexual mas sentir atração emocional por outra pessoa.

“Se um relacionamento é saudável depende de os parceiros se respeitarem e de suas preferências sexuais e românticas individuais”, diz Casey.

Continua após a publicidade

Publicidade