Metabolismo basal e regulagem hormonal

Veja como dormir mal afeta seu metabolismo

Por Fernanda Bassette Atualizado em 10 jun 2021, 14h34 - Publicado em 27 jun 2021, 09h00

Enquanto você dorme, a produção de leptina, o hormônio da saciedade, aumenta, enquanto a de grelina, responsável pela fome, diminui. Poucas horas sob os lençóis invertem essa gangorra, resultando no armazenamento de gordura. “O corpo de pessoas privadas de sono tende a reduzir o metabolismo basal, diminuindo o gasto calórico ao longo do dia”, alerta o neurorradiologista Sérgio Brasil Tufik, do Instituto do Sono.

Ainda segundo Tufik, uma pessoa privada de sono tende a fazer escolhas por alimentos mais calóricos e ricos em carboidratos. “Ficar mais tempo acordado dá mais oportunidade para comermos mais.”
Quem dorme pouco também produz mais cortisol, o hormônio do stress, responsável pela resistência à insulina – outro fator que leva ao ganho de peso e ao diabetes tipo 2.

Publicidade