Como a Netflix melhora o seu relacionamento, segundo a ciência

Uma nova pesquisa sugere que assistir programas juntos pode deixar os casais mais próximos, especialmente se eles não compartilham o mesmo círculo social

Não é nenhum segredo que ter amigos em comum pode melhorar a relação de um casal. Mas e se seus círculos sociais não batem? Não se preocupe. Segundo uma equipe de psicólogos dos Estados Unidos, Reino Unido e Canadá: compartilhar a vida de Frank e Claire Underwood, do seriado “House of Cards” (ou Ross e Rachel de “Friends”), ou assistir qualquer outra série que vocês amam pode ajudar.

Para o estudo, os pesquisadores pediram para mais de 250 estudantes preencherem uma série de questionários sobre seus relacionamentos e hábitos. Os resultados, publicados no Journal of Social and Personal Relationships, sugerem que desfrutar de programas de TV,  filmes e livros pode aumentar a qualidade do relacionamento do casal, especialmente para os parceiros que não compartilham o mesmo círculo de amigos.

Em outras palavras, essa série da Netflix pela qual você está obcecada pode ser uma aliada da sua relação. Mas será que isso acontece pelas horas extras no sofá? Em um esforço para descartar a possibilidade, os cientistas analisaram o tempo que os casais passaram juntos e descobriram que a eficácia está relacionada ao compartilhamento de mídia e não das horas.

Veja também: Essas séries do Netflix vão desligar a sua gula

Os hábitos de acompanhar histórias como um casal foi associada a uma maior intimidade e confiança no relacionamento, e a ligação foi ainda mais forte para os voluntários que tinham menos amigos em comum com os seus parceiros. “Compartilhar o mesmo círculo de amizades pode fazer com que os casais se sintam mais próximos” Sarah Gomillion, autora do estudo, explicou à revista americana Health. Mas se isso não for o caso, personagens de ficção podem ser bons substitutos. “Ter uma conexão compartilhada com os personagens de uma série de TV ou filme pode fazer com que os casais sintam como se compartilham uma identidade social, mesmo que não seja do mundo real”, explica Sarah.

Assim, mesmo que sentar na frente da TV por várias horas não seja sempre uma boa ideia, você não precisa mais se sentir tão culpada por assistir uma temporada inteira sem parar – o hábito tem suas vantagens!

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s