Deu ressaca? Exercícios podem reduzir danos causados pelo álcool

Um estudo da Sociedade Americana de Neurociência que a atividade física pode ser benéfica se você é adepta aos bons drinques!

Por Monique Arruda (Colaboradora) Atualizado em 6 fev 2017, 14h14 - Publicado em 5 fev 2017, 09h03

Calor e caipirinha têm tudo a ver. Mas, para amenizar os danos causados pelo álcool ao cérebro, faça dez burpees a cada gole. Ou, pelo menos, não deixe de praticar atividade física regularmente, o que diminui os efeitos que vêm com a ressaca, segundo um estudo da Sociedade Americana de Neurociência.

Veja também: Jacou e abusou dos “bons drinques”? Veja como voltar à dieta em 24 horas

“Assim, as funções cerebrais são preservadas e evitamos a perda de neurônios, já que o exercício faz com que as células sejam mais eficientes no processo de adaptação”, diz Luís Fernando Correia, médico do Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro.

 

  • Continua após a publicidade
    Publicidade