O cuidado que você precisa tomar para evitar lesões no treino

É da turma que adora experimentar uma modalidade nova? Para evitar machucados, varie os estímulos com diferentes exercícios. Aqui, a gente explica melhor

Quem nunca viu uma corredora de carteirinha reclamando de dor na bacia após um longo percurso? A situação é mais comum do que a gente pensa e pode ser resolvida com exercícios. Você deve complementar o seu treino habitual com atividades que fortalecem e relaxam. Veja o que fazer em cada caso:
Se você precisa de um treino que não force suas articulações, você deve apostar na bike
Se a corrida anda deixando os seus joelhos cansados e doloridos, experimente fazer uma aula de spinning. A bike é um exercício de pouco impacto para as articulações e, ao fazer essa troca, você protege suas juntas.

Leia também: Bicicleta ergométrica emagrece e define o corpo.
Se você precisa melhorar sua postura, experimente a ioga
As aulas exigem muita concentração, estabilidade e equilíbrio. Por isso, é um ótimo estimulo para os músculos das costas e core. Resultado: mais consciência corporal e postura sempre ereta.

Leia também: 7 movimentos da ioga para trabalhar o abdômen.
Se você precisa fortalecer os seus ossos, teste a musculação
Essa dica é especial para quem tem problema de osteoporose ou está chegando na menopausa. Além de suplementar o organismo com vitamina D, você pode apostar na musculação porque ela ajuda na reformulação dos ossos, um processo para deixar a estrutura saudável.

Leia também: 3 dicas para turbinar o resultado da musculação.

Se você precisa fortalecer braços e pernas, faça aula de spinnig com exercícios de força
Nessa modalidade, o volante da bicicleta é o seu melhor amigo. Ele é o acessório que vai te ajudar a fortalecer todos os músculos superiores. Enquanto isso, as pernas estão trabalhando a todo vapor, garantindo que o metabolismo se mantenha acelerado.

Leia também: 6 maneiras de aproveitar melhor a aula de spinning.
Vale ressaltar que se os sintomas persistirem, procure um medico. Nem toda dorzinha pode ser falta de estímulo, muscular. Por isso, fica de olho nos alertas que o seu corpo dá e, acima de tudo, respeite os seus limites.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s