Vai viajar? Reserve quinze minutos por dia e mantenha o ritmo dos treinos!

Você não precisa perder muitas horas dos seus dias de descanso. Existem exercícios rápidos para fazer em qualquer lugar

Por Amanda Panteri Atualizado em 19 jun 2019, 18h32 - Publicado em 18 jun 2019, 21h32

Os feriados, férias e finais de semana são dias muito esperados por quem trabalha – e geralmente a gente nem quer saber de academia durante eles, não é mesmo? Contudo, manter o ritmo mesmo quando estamos com vontade de descansar é importante para voltar com tudo para a rotina depois.

  • E mesmo quem vai viajar e ficar longe dos aparelhos consegue adaptar movimentos do cotidiano para manter-se ativa. A educadora física Karina Kovos, da Kainágua Academia, em São Paulo, ensina três exercícios práticos e de rápida execução. Veja só:

    1. Avião

    Divulgação Kainágua Academia/Divulgação

    Eleve os braços até a altura dos ombros e marque um ponto fixo. Erga uma perna para trás, enquanto vai com o tronco para frente. Estenda a perna suspensa e perna que serve de apoio. Preste atenção para não rotacionar o quadril – ele tem que ficar apontado para baixo.

    Vantagens: “este exercício é bem completo, pois trabalha o corpo todo (membros inferiores, superiores e tronco) e tem como benefício o fortalecimento da planta do pé, das articulações do tornozelo, da região lombar, além de melhorar o equilíbrio e a coordenação motora”, explica Karina Kovos.

    2. Agachamento com apoio

    Divulgação Kainágua Academia/Divulgação

    Para este movimento, você vai precisar da ajuda de um sofá, cama ou cadeira. Comece alinhando os pés na linha do quadril. Mantenha a postura ereta em toda a execução do exercício. Sente e levante no apoio, sempre realizando o movimento até o final.

    Vantagens: “O exercício tem como objetivo o fortalecimento dos membros inferiores e do tronco, além da melhora da consciência corporal e postura.”

    3. Prancha isométrica

    Divulgação Kainágua Academia/Divulgação

    Inicie apoiando os antebraços no chão, com a palma das mãos para baixo e com os braços paralelos à linha dos ombros. As pernas devem estar na largura dos quadris e a cabeça na altura da coluna (nem olhando para frente, e nem para baixo). Mantenha a posição o máximo que conseguir. Repita três vezes.

    Vantagens: “O exercício fortalece o abdômen, ajuda a amenizar dores nas costas, melhora a postura e aumenta a flexibilidade”, diz a educadora.

    Continua após a publicidade
    Publicidade