Alinne Moraes: aposta no balé para ganhar músculos e postura alinhada

O balé ajudou a atriz a ficar com movimentos mais femininos e a postura mais ereta, mas os benefícios não pararam por aí. Ela ganhou massa magra, ficou com o corpo durinho e descobriu seu hobbie.

Por Dalila Magarian (colaboradora) Atualizado em 28 out 2016, 04h21 - Publicado em 25 Maio 2014, 22h00

A atriz virou mesmo fã do balé. E olha que já experimentou muita coisa: ioga, surfe, capoeira, circo, natação. “Eu tinha os ombros curvados, era desajeitada. O balé me deixou com os movimentos mais delicados e a postura ereta. Além disso, você trabalha o corpo por inteiro de verdade.” Ela conta que até ganhou 3 quilos nos últimos anos, mas eles não apareceram como gordura, e sim músculo. E viva o plié! Quando dá tempo, Alinne chega a fazer duas aulas seguidas de uma hora e meia com o francês Jean-Marie Dubrul, professor de um time de estrelas globais. Jean, no Rio de Janeiro há 25 anos, não se cansa de propagar as vantagens do balé: “ele trabalha o corpo inteiro, já que você sempre coordena os movimentos das pernas com os braços. Os músculos ficam mais tonificados e a postura alinhada. É o melhor tratamento que conheço para retardar o envelhecimento”, comenta. 

O mestre também elogia a aluna: “Alinne tem muita garra e força de vontade. Progrediu bastante nas aulas e é muito exigente consigo mesma. Por isso ela consegue ser tão flexível”. A grande diferença das aulas de Jean e o motivo de seu sucesso entre as atrizes é não exigir técnica apurada nem limite de idade, e sim dedicação, para que cada uma alcance o limite de seu próprio corpo.

Publicidade