Continua após publicidade

2 posições de Yoga para aquecer o corpo

Praticar Yoga no inverno pode ajudar a aquecer o corpo e diminuir o enrijecimento natural

Por Personare
7 jul 2024, 16h00

Quem pratica exercícios pela manhã pode sentir ainda mais o peso do período mais frio do ano, mesmo tendo passado por boas horas de sono. Isso acontece até mesmo com quem vive nas regiões mais tropicais do Brasil. Mas praticar Yoga no inverno pode ajudar a aquecer o corpo e diminuir o enrijecimento natural que acontece nessa época.

Iyengar Yoga no inverno é perfeito para as manhãs

Para iniciar os dias frios, sugiro o Iyengar Yoga, o chamado “Yoga para Todos” (conheça mais aqui). Afinal, esse método é acessível a qualquer pessoa, mesmo às sedentárias, e visa o alinhamento corporal.

Para praticar o Iyengar Yoga, providencie o básico: encontre um lugar livre de correntes frias de ar e use roupas apropriadas.

Continua após a publicidade

Então, lance mão de algumas posturas básicas protetoras para a sua coluna para iniciar as manhãs de Inverno:

1. Adho mukha virasana

Esse asana (postura do Yoga) pode ser feito com os joelhos separados e com os joelhos juntos. Ótimo para quando você está sentindo agitação porque acalma.

.

2. Adho mukha swastikasana

É um asana que oferece alívio físico e mental. Sente com as pernas cruzadas sobre uma almofada ou cobertor (ou mesmo seu tapete de Yoga).

Continua após a publicidade

Incline-se sobre o suporte onde você vai repousar a cabeça, mas mantenha os ísquios (os ossinhos do bumbum) na almofada.

Deixe os braços repousarem. Respire profundamente durante o asana.

.

3. Exercício de respiração para começar bem o dia

Yoga-em-casa

Sente-se com a coluna ereta em apoio condizente com o seu grau de flexibilidade e prepare-se para Kapalabhati – um exercício de respiração que ajuda na limpeza das narinas, vias respiratórias e pulmões.

Continua após a publicidade
  • Mantenha o foco exclusivamente e fortemente na sua expiração e expulsão do ar.
  • Caso a sua coluna seja mais frágil ou instável sente-se contra uma parede ou “quina de parede”.
  • Mantenha seu queixo no alto do peito, cuidando para que o peito não colapse, que a garganta não trave e que a sétima cervical permaneça para dentro do corpo e para baixo.
  • A partir desse estado, deixe o ar sair totalmente inspire normalmente. Ao expirar, expulse o ar dos pulmões de uma vez única e de forma focada.
  • Espere o ar voltar a preencher os pulmões e repita a expulsão.
  • Faça ciclos de 5 a 8 vezes sem parar e depois intercale com respirações normais.
  • Ao terminar, faça um savasana (deite-se no solo) para remoção de ruídos residuais no corpo e na mente.

Durante essa prática preliminar é de suma importância que você se observe sem se criticar, sem se culpabilizar, sem querer mudar aquilo que observa, sem analisar (dica: a aromaterapia pode ajudar nesses tipos de ansiedade. Leia mais aqui).

Lembre-se de que o fator “frio” muitas vezes vem acompanhado de uma camada de tensão de memória corporal que não expressa a realidade do momento sentido no corpo.

Agora, sim, estão prontos para qualquer coisa

Depois, inicie a sua prática de asanas que podem perfeitamente serem orquestradas com mais vigor e saltos na conhecida sequência de suryas namaskar (saudações ao sol) alternadas com posturas em pé.

Continua após a publicidade

As torções são bem-vindas uma vez que aquecem igualmente o sistema na medida que os órgãos internos são espremidos de forma sadia.

Depois, adicione as posturas mais solares, como as “baby backbends” e, então, faça as extensões propriamente ditas. Finalize com invertidas e savasana.

Veja no vídeo o Savasana guiado:

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Ana Luisa Matsubara (@analumatsubara)

Analu Matsubara

Professora certificada nível Senior internacionalmente pela Associação Brasileira de Iyengar Yoga ligada ao Ramamani Iyengar Yoga Institute, em Puna, Índia. Organiza workshops nacionais e internacionais de Yoga, e idealizadora de dois estudios: “ESYSP- Estudio de Yoga São Paulo” e da “Casa Azul Yoga”. Também é terapeuta de Somatic Experience.

Continua após a publicidade

analu@iyengaryogasaopaulo.com.br

Publicidade