Conviver com suas amigas não faz vocês menstruarem juntas

A sincronização curiosa notada por muitas mulheres não tem embasamento científico

Quando o assunto é menstruação, não faltam dúvidas e mitos para nos deixar confusas. Um dos mais famosos é a crença de que os ciclos menstruais se alinham. Por muito tempo, mulheres observaram que seus dias no vermelho aconteciam no mesmo momento que suas amigas ou familiares com quem passavam a maior parte do tempo.

Até hoje, nenhum estudo provou a existência de combinação de datas. A primeira pesquisa conhecida sobre o tema, realizada em 1971, introduziu a ideia do “útero alfa”, um órgão com forte atração hormonal que influenciaria outros em torno dele para ovular e menstruar juntos. Outras teorias acreditam na “sincronia socialmente mediada”, que seria uma sintonia feminina para tornarem-se sexualmente receptivas.

Para tirar a dúvida à prova, o aplicativo Clue fez uma pesquisa com suas usuárias, perguntando se elas achavam que seus ciclos tinham sido parelhados com o de outras mulheres que também usavam o app e qual era o tipo de relacionamento com essas pessoas (amigas, irmãs, mães/filhas, parceiras, companheiras de quarto ou colegas), se moravam juntas e se estavam no controle de natalidade hormonal. Após o recebimento de 1 500 respostas, os responsáveis pelo levantamento escolheram 360 duplas que já haviam tido pelo menos três ciclos em períodos próximos.

Leia mais: Meu ciclo menstrual pode influenciar no meu treino?

Eles acompanharam a menstruação dessas mulheres durante 90 dias e chegaram a resultados curiosos. Ao final do estudo, as datas de início do ciclo menstrual de 273 pares apresentaram uma divergência maior do que no início. A diferença média no início foi de 10 dias e 38 dias no final. Apenas 79 duplas tiveram datas mais próximas do que no começo da investigação.

Também foi observado que viver no mesmo ambiente não aumentou a probabilidade de sincronização: 37% (100 de 273) das mulheres com datas de início do ciclo divergentes viviam juntas em comparação a 24% (19 de 79) daquelas com datas de início do ciclo convergente.

De acordo com os resultados, os ciclos são, na verdade, mais propensos a divergir entre si em vez de se sincronizarem ao longo do tempo.

Fique por dentro de tudo o que rola no mundo fitness com a newsletter da BOA FORMA

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s