Pinhão: energia extra

Ele sempre dá o ar da graça no meio do ano, nas Festas Juninas. E continua em cena até agosto, quando acaba a safra. Saiba mais sobre esse ingrediente do bem

Tradicionalmente, o pinhão é consumido cozido ou tostado na chapa, mas aos poucos está ganhando espaço em saladas, farofas, purês e ensopados. Suas propriedades nutricionais ainda são pouco divulgadas, mas vale a pena você conhecer. “Composto de 70% de carboidrato, 9% de proteína e 5% de gorduras (o restante são fibras e água), o pinhão é considerado um alimento energético”, explica a Maria Lucia Masson, professora do programa de pós-graduação em Engenharia de Alimentos da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Dez unidades dessa semente da araucária (espécie de pinheiro) fornecem 282 calorias. É bastante! Por isso, deixe para consumi-la preferencialmente antes ou logo depois do exercício, quando você precisa de um pouco mais de combustível. O pinhão ainda tem uma boa dose de cálcio e ferro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s