Tatuagem do futuro vai ajudar você a monitorar sua saúde

A ideia é que a tattoo meça os níveis sanguíneos de sódio e glicose, por exemplo

Por Redação Boa Forma Atualizado em 17 fev 2020, 15h15 - Publicado em 3 jul 2017, 17h34

Imagine saber se você exagerou no consumo de açúcar ou sal pela coloração de uma tatuagem na sua pele. Parece coisa de ficção científica, né? Mas a ciência está trabalhando para tornar essa ideia uma realidade que pode ajudar muitas pessoas no futuro.

Essa é a proposta do DermalAbyss, uma espécie de tinta de tatuagem que conta com biossensores capazes de interpretar mudanças no corpo, como taxas sanguíneas de glicose e sódio. A novidade foi elaborada por pesquisadores do Massachusetts Institute of Technology (MIT) e da Faculdade de Medicina da Universidade Harvard, ambos nos Estados Unidos.

Leia mais: O que acontece quando… você reduz o açúcar

Os cientistas já desenvolveram três tintas diferentes. Uma delas varia da cor rosa à roxa de acordo com o pH do sangue; a outra adquire um tom mais vibrante de verde se as taxas de sódio aumentarem muito; e a terceira é a que mede a glicose em uma coloração que vai do azul ao marrom conformo os níveis de açúcar crescem. Essa última é a que mais tem feito barulho, já que pode significar, daqui a algum tempo, o fim das picadas diárias para medir insulina – rotina de quem tem diabetes.

Se você ficou animada com a invenção, calma lá! As tattoos ainda estão sendo estudadas em laboratório e, até que sejam aplicadas em humanos, precisam passar pela fase de testes em animais. “Vai levar muito tempo até que chegue ao mercado, mas a tecnologia estimula a imaginação e abre possibilidades”, comentou Xin Liu, um dos autores do estudo, ao canal de TV americano CBS News.

Fique por dentro de tudo o que rola no mundo fitness com a newsletter da BOA FORMA

  • Continua após a publicidade
    Publicidade